ISSN 1794-4449
versión impresa

INSTRUÇÕES AOS AUTORES

 

Escopo e política

Missão

A Revista LASALLISTA de Investigação (ISSN: 1794-4449) é a publicação científica semestral da Corporação Universitária Lasallista. Publica-se com uma periodicidade semestral e foi criada para difundir sua atividade investigativa e a de colaboradores externos nacionais e internacionais. Se recebem contribuições em espanhol, português ou inglês.

O artigo candidato a publicação deve cumprir com as normas que aparecem nas Instruções para os autores. Depois de sua recepção, o artigo se submete a avaliação por pares, os que recomendam sua aceitação ou rejeição. Se o artigo é aprovado com modificações, os autores disporão de um tempo limite para realizá-las, e, no caso de não estar de acordo farão as aclarações e justificativa pertinentes para depois enviá-lo de novo aos pares para o ditame final.O comitê editorial avalia o conceito dos pares e decide sobre o material a publicar.

A Revista LASALLISTA de Investigação se reserva o direito de editar os textos, sem mudar o sentido do artigo.

O conteúdo dos textos, tabelas, figuras e imagens inclusas no material a publicar são de exclusiva responsabilidade dos autores. Igualmente, o artigo é responsabilidade de seus autores e não necessariamente reflete o pensamento do comitê editorial.

 

Forma e preparação de manuscritos

Preparação da revista

O tipo de material que se recebe para publicação é:

Editorial. É a seção onde se expressam opiniões, reflexões sobre temas de interesse ou relacionados com o conteúdo ou temática da revista. Geralmente os autores são de Corporação Universitária Lasallista.

Artigo original. Incluem achados de investigações. Deve estar estruturado nas seguintes partes: Introdução, materiais e métodos, resultados e discussão. Ao princípio do artigo o autor apresentará um resumo de máximo 250 palavras, além das palavras finque em espanhol e em inglês. Pode levar 5 entre gráficas e tabelas e um número de folhas entre 10 e 15 a duplo espaço. Se aceitarão como referências um mínimo de 10. Artigo original breve. Esta seção inclui os artigos limitados a 1000 palavras. Geralmente são relatórios preliminares ou achados colaterais de projetos de investigação. Tem a mesma estrutura dos artigos originais, e a restrição entre tabelas e gráficas é de 2. O resumo e palavras importantes seguirão o formato dos artigos originais. O número máximo d e referências é de 10.

Artigo de revisão de tema. É uma revisão crítica de um tema. Está dividido de acordo com o conteúdo do mesmo, mas sempre terá: introdução e conclusões, bem como um resumo não estruturado de 100 palavras com palavras importantes em espanhol e em inglês. Tem a restrição de 5 entre gráficas e tabelas, e o texto terá entre 10 a 15 folhas, com um mínimo de 50 referências.

Reportes de caso. Apresenta os resultados de um estudo sobre uma situação particular com o fim de dar a conhecer as experiências técnicas e metodológicas consideradas num caso específico. Inclui uma revisão comentada da literatura sobre casos análogos. Sua estrutura tanto faz ù dos artigos originais. O número máximo de referências é de 10.

Ensaios. São artigos que reflexionam sobre um tema relacionado com a investigação. Segue-se o mesmo formato dos artigos de revisão, mas se recomenda que sejam mais curtos.

Clássicos. São artigos que influíram no desenvolvimento da investigação. O resumo e as palavras importantes seguirão o formato dos artigos de revisão.

Aspectos metodológicos. Incluem-se nesta seção aqueles artigos cuja função principal seja a de ilustrar sobre metodologias empregadas nos processos investigativos. Sua estrutura tanto faz ù dos artigos de revisão.

Notícia. Publicam-se reportes de eventos ou atividades relacionadas com a atividade investigativa, e que possam ser de interesse para a comunidade acadêmica.

Cartas ao Editor. Com esta seção se pretende estimular a interação entre o comitê editorial e os usuários da revista. Espera-se que sirva de foro de discussão de tópicos de interesse tratados na publicação. As cartas conterão um título, um texto, a afiliação institucional do autor, e referências quando seja necessário.

Excreta. São resumos, até de 300 palavras, de trabalhos de investigação que não se publicam em toda sua extensão.Instruções para a apresentação de artigos.

instruções para a apresentação de artigos

É essencial que na primeira página do artigo apareça a seguinte informação:

  • Título do artigo: deve ser conciso mas informativo, não deve ter mais de 80 caracteres ou 15 palavras. A pé de página se deve anotar o título da investigação que lhe deu origem, o período de sua realização e a ou as entidades financiadoras.
  • Lista de autores com os nomes completos e sobrenomes na ordem em que deve aparecer. Se complementará esta informação com os graus acadêmicos, cargo e instituição onde labora cada autor. Adicionalmente, o autor principal anotará um correio eletrônico, para a correspondência de editores, leitores; lugar-data da investigação e financiamento se a teve.
  • Resumo e palavras importantes em espanhol: se apresentará um resumo em espanhol. Para os artigos originais e artigos originais breves, o resumo deverá ser estruturado e terá como máximo 250 palavras. Deve-se indicar especificamente: objetivo, materiais e métodos, resultados e principais conclusões. Para os artigos de revisão, ensaios, aspectos metodológicos e clássicos, o resumo não é estruturado e se fará em menos de 100 palavras. Em todos os casos, os resumos devem incluir entre três e seis palavras finque que melhor identifiquem o tema.
  • Título, resumo e palavras finque em inglês e português. Corresponde ù tradução ao inglês e ao português do título, resumo, e palavras finque.

Texto do artigo

Quando o artigo é um reporte de investigação deverá ter as seguintes partes:

  • Introdução. O autor deve estabelecer o propósito do estudo, resumir seu fundamento lógico, mencionando algumas referências pertinentes.
  • Materiais e métodos. Esta parte do texto inclui a seleção de procedimentos para o trabalho experimental, e se identificam os métodos e equipes com suficiente detalhe para permitir sua reprodução. Os procedimentos matemáticos e estatísticos também devem descrever-se com detalhe.
  • Resultados. Devem apresentar-se em seqüência lógica, com suas respectivas tabelas e gráficas, e os comentários dos principais achados durante a investigação.
  • Discussão. Nesta seção os autores enfatizam os aspectos mais importantes do estudo, e se comparam com os resultados de outras investigações similares. Devem-se evitar as conclusões que não estejam apoiadas nos achados.
  • Conclusões. Anotar uma ou mais conclusões que se desprendem do estudo.
  • Agradecimentos. Nesta seção aparecerão as colaborações por trabalho que não justifica a autoria, a ajuda técnica recebida, as ajudas financeiras, e o material de apoio.
  • Referências. As referências bibliográficas devem localizar-se no texto com o número correspondente em forma de superíndice, na ordem de aparição de citação. A seção de referências se apresentará em folhas separadas do texto, estará numerada em forma consecutiva de acordo a ordem de citação do material documentário. A Revista LASALLISTA de Investigação segue a NTC 5613 e NTC 4490 do ICONTEC para a apresentação de referências bibliográficas, conteúdo, forma e estrutura e referências bibliográficas documentários para fontes de informação eletrônicas, respectivamente de julho de 2008.

 

Envio de manuscritos

Os manuscritos podem enviar-se a:

Editor: Revista Lasallista de Investigação
Carreira 51 118 Sur 57, Caldas (Antioquia, Colômbia)
PBX: (57-4) 300 02 00 ext 127 , 136
Fax: (57-4) 300 02 00 ext 184
e-mail: revistainvestigacion@lasallista.edu.co.

[Home] [Cuerpo editorial] [Instrucciones a los autores] [Subscripción]


Creative Commons License Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Creative Commons Attribution License

Corporación Universitaria Lasallista

Revista Lasallista de Investigación Carrera 51 118 Sur 57
Caldas (Antioquia, Colombia)
PBX: (57-4) 300 02 00 ext 127, 136
Fax: (57-4) 300 02 00 ext 184


revistainvestigacion@lasallista.edu.co; lugarces@lasallista.edu.co