SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.62 issue153The Contours of Medieval ToleranceFaith and Reason: From Habermas to Hegel author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Ideas y Valores

Print version ISSN 0120-0062

Abstract

GARRETA LECLERCQ, MARIANO. Liberalismo político e deliberação pública. Ideas y Valores [online]. 2013, vol.62, n.153, pp.99-123. ISSN 0120-0062.

RESUMO Os defensores do liberalismo político sustêm que o exercício do poder político é legítimo só quando é justificado por razões públicas que todos os cidadãos podem aceitar com independência da doutrina religiosa, filosófica ou moral à qual se aderem. Segundo John Rawls, satisfazer essa concepção da legitimidade exige apelar, na justificativa pública da ação do Estado, a "concepções políticas da justiça". Procura-se elaborar um novo tipo de argumento a favor da posição de Rawls.

Keywords : J. Rawls; liberalismo; justiça; legitimidade.

        · abstract in English | Spanish     · text in Spanish     · Spanish ( pdf )