SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue4Detection of seven viruses and Mycoplasma in fetal bovine serum by real time PCREffect of feeding hens trout by-product meal or tuna fish oil on production parameters and yolk fatty acid profile author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Revista Colombiana de Ciencias Pecuarias

Print version ISSN 0120-0690
On-line version ISSN 2256-2958

Abstract

PARRA S, Jaime et al. O lipopolissacarídeo (LPS) de E. coli afeta negativamente os parâmetros intestinais dos suínos apos desmame. Rev Colom Cienc Pecua [online]. 2011, vol.24, n.4, pp.585-597. ISSN 0120-0690.

O desmame precoce dos suínos predispõe o desenvolvimento de alterações estruturais e funcionais no intestino e à enterite causada pela bactéria Escherichia coli, que usa o LPS da parede como um dos principais fatores patogênicos. Devido a que pouco se sabe sobre os efeitos do LPS sobre os parâmetros morfológicos intestinais, e que esse conhecimento é necessário para compreender a patogênese da enterite pós-desmame e projetar estratégias terapéuticas. Objetivo: este estudo foi realizado para avaliar o efeito administração de LPS de E. coli sobre a morfologia das vilosidades e glândulas intestinais em suínos desmamados. Métodos: o estudo experimental foi realizado com 52 leitões desmamados aos 21 dias de idade. Os animais foram alimentados com uma dieta basal suplementada com quatro níveis de LPS (0.0, 0.3, 0.5 e 1.0 µg/mg de alimento) durante 10 dias. Os suínos foram abatidos em escalonadamente aos 1, 5, 7 e 10 dias pós-desmame e foram tomadas amostras do intestino delgado para determinar alguns parâmetros morfológicos através da análise computacional de imagens. O delineamento estatístico utilizado foi em blocos casualizados em um arranjo fatorial 4x4. Resultados: o resultado foi que LPS diminuiu a altura e a área das vilosidades e aumenta sua largura e profundidade e amplitude das glândulas intestinais. Estes efeitos podem diminuir a absorção intestinal de nutrientes, aumento de co-infecção com outros patógenos ea apresentação do pós-desmame síndrome diarréica. Conclusões: este estudo mostra a utilidade da análise morfométrica computadorizada para avaliar o efeito do LPS sobre parâmetros morfológicos intestinais, de modo que poderiam ser utilizados em futuros estudos para pesquisar a fisiopatologia da enterite agentes causadores e avaliar estratégias terapêuticas.

Keywords : histologia; intestino delgado; morfometria; suínos desmamados.

        · abstract in English | Spanish     · text in English

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License