SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 número4Efeito da alimentação de galinhas com silagem de vísceras de truta ou óleo de atum nos parâmetros produtivos e o perfil de ácidos graxos na gema de ovoExigências energéticas para gado de corte: conceitos e resultados experimentais em condições tropicais índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Compartilhar


Revista Colombiana de Ciencias Pecuarias

versão impressa ISSN 0120-0690
versão On-line ISSN 2256-2958

Resumo

ALMEIDA, Ferdinando N  e  STEIN, Hans H. Digestibilidade de trato total de fósforo em subprodutos de sangue para leitões desmamados. Rev Colom Cienc Pecua [online]. 2011, vol.24, n.4, pp.609-616. ISSN 0120-0690.

Objetivo: foi realizado um experimento para medir a digestibilidade aparente (ATTD) e padronizada (STTD) do trato total de fósforo (P), no plasma seco (SDPP) e duas fontes de farinha de sangue para suínos recém desmamados. Métodos: quatro dietas foram formuladas. Três dietas contendo cada um dos três produtos derivados do sangue. As únicas fontes de P nestas dietas foram os produtos derivados de sangue utilizados. Cada uma das três dietas continham 60%de amido de milho, sacarose 15%, óleo de soja 3%, calcário 1.3%, 0.4% de sal e 0.3% de pre mistura mineral e vitamínica, além de 20% cada um dos ingredientes sob análise (SDPP, farinha de sangue de suínos ou farinha de sangue de ave). A quarta dieta foi uma formulação P livre, usado para medir a perda de fósforo endógeno em suínos que a consumiram. Vinte e quatro suínos recém-desmamados (peso inicial: 18.8 ± 3.2 kg) foram divididos aleatoriamente em quatro tratamentos dietéticos, com seis animais por tratamento. Os suínos tiveram 5 dias de adaptação à dieta, seguido por 5 dias de coleta total de fezes. Resultados: a ATTD do P foi maior (p<0.01) para suínos que foram alimentados SDPP (91.31%) do que para aqueles alimentados com farinha de sangue suína (76.46%) ou farinha de sangue de aves (57.67%). Suínos alimentados com farinha de sangue de suínos também tiverem maior (p<0.01) ATTD de P do que aqueles alimentados com farinha de sangue de aves. Não houve diferença na STTD de P entre os animais alimentados com farinha de sangue suína (89.74%) e farinha de sangue de aves (86.11%), mas a STTD de P nestes dois ingredientes foi menor (p<0.05) do que o STTD de P na SDPP (102.79%). Conclusões: este experimento mostra que os produtos de sangue são excelentes fontes de fósforo orgânico. Proteínas plasmáticas secas tem maior STTD do P em comparação com as farinhas de sangue de suínos e aves.

Palavras-chave : minerais monogástricos; nutrição.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons