SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue4Infectious agents affecting fertility of bulls, and transmission risk through semen: Retrospective analysis of their sanitary status in ColombiaDomestic cat paraplegia compatible with Gurltia paralysans nematode. First cases reported in Colombia author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Revista Colombiana de Ciencias Pecuarias

Print version ISSN 0120-0690
On-line version ISSN 2256-2958

Abstract

ECHEVERRY, Diana M  and  RODAS, Juan D. Os virus da Influenza A H5N1 e H1N1: características e potencial zoonótico. Rev Colom Cienc Pecua [online]. 2011, vol.24, n.4, pp.634-646. ISSN 0120-0690.

Os vírus da influenza A pertencem à família Orthomyxoviridae, são envolvidos, pleomórficas, e contem oito segmentos de RNA de cadeia negativa. Os vírus da influenza têm três principais proteínas estruturais: HA (hemaglutinina), NA (neuraminidase) e proteína de matriz 2M. A hemaglutinina e a neuraminidase são glicoproteínas de superfície, que dão nome a os tipos e subtipos dos vírus da Influenza até agora têm sido identificados 16 subtipos da HA (H1-H16) e nove subtipos da NA (N1-N9). Dos vírus tipo A, chamado H5N1 e H1N1 tem demostrado que são os mais patogênicos. A transmissão direta do vírus da influenza A das aves para os humanos foi considerado um evento raro e sua propagação parecia ser mais limitada, esta percepção mudou com os recentes surtos zoonóticos da influenza. Além disso, considerando que o suíno é uma espécie suscetível ao vírus da influenza de humanos e aves, e que esses agentes infecciosos são capazes de fazer uma alteração no antígeno ao associar novamente, gerando assim novos subtipos, o potencial para novas ameaças na população humana, esta tem-se tornando mais palpável. Um exemplo disso é a recente pandemia da influenza H1N1 no 2009, que atravessou as fronteiras sem discriminação geográfica ou de espécie afectando entre o 20 o 40% das pessoas em algumas partes do mundo. Vacinas e medidas de controle são atualmente desenvolvidas para tratar a pandemia que ainda hoje continua a afetando vidas humanas e animais, e o medo latente de uma nova e mais mortal ainda não chega.

Keywords : avicultura; pandemia; suinocultura; zoonose.

        · abstract in English | Spanish     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License