SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 issue3Physiology, cell dynamics of small intestinal mucosa, and performance of broiler chickens under heat stress: a reviewReplacement of corn with mango meal for dairy goats author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Revista Colombiana de Ciencias Pecuarias

Print version ISSN 0120-0690

Abstract

KONG, Changsu; PARK, Chan Sol  and  KIM, Beob Gyun. Avaliação de um adsorvente de micotoxinas em suínos dieta contendo cevada naturalmente contaminado com micotoxinas Fusarium. Rev Colom Cienc Pecua [online]. 2016, vol.29, n.3, pp.169-177. ISSN 0120-0690.  http://dx.doi.org/10.17533/udea.rccp.v29n3a02.

Antecedentes:

a contaminação da cevada com a micotoxinas Fusarium causa perdas econômicas significativas para os produtores de suínos, porèm os adsorventes de micotoxinas que evitam efeitos prejudiciais de micotoxinas não deram resultados consistentes.

Objetivo:

avaliar o produto da parede celular das leveduras para prevenir efeitos adversos da micotoxinas Fusarium no desempenho do crescimento, inchaço da vulva, característica do sangue, digestibilidade dos nutrientes em porcas jòvens que são alimentadas com dietas contendo a cevada naturalmente contaminada com micotoxinas do Fusarium.

Métodos:

foram preparadas dietas de controle positivo e negativo à base de milho e soja, contendo 20% do controle e cevada contaminada com micotoxinas Fusarium, respectivamente. Duas dietas adicionais foram preparadas complementando com 0,2 ou 0,4% o produto da parede celular das leveduras à dieta do controle negativo. As dietas experimentais foram fornecidas aos suínos com peso corporal inicial de 61,7 Kg por 2 semanas.

Resultados:

os suínos alimentados com a dieta do controle negativo ganharam menos peso do que aqueles alimentados com a dieta do controle positivo (p<0,05) a partir do dia 0 até 7 durante todo o período, a digestibilidade dos nutrientes e as características do sangue não foram afetadas pela alimentação da dieta contaminada. A maioria das medidas não foram afetadas pela complementação da parede celular das leveduras à dieta do controle negativo. Conclusão: a complementação do produto da parede celular das leveduras nas dietas de controle negativo não conseguiu melhorar o efeito adverso das micotoxinas Fusariume no desempenho de crescimento.

Keywords : crescimento; desoxinivalenol; digestão; parede celular das leveduras.

        · abstract in English | Spanish     · text in English     · English ( pdf )