SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 issue1Effect of nursing behavior, sex of the calf, and parity order on milk production of buffaloesFactors associated with Mycobacterium avium subsp. paratuberculosis in dairy cows from Northern Antioquia, Colombia author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Revista Colombiana de Ciencias Pecuarias

Print version ISSN 0120-0690

Abstract

USCATEGUI, Ricardo A R et al. Analgesia preventiva com tramadol ou metadona para mastectomia e ováriohisterectomia em cadelas. Rev Colom Cienc Pecua [online]. 2017, vol.30, n.1, pp.39-47. ISSN 0120-0690.  http://dx.doi.org/10.17533/udea.rccp.v30n1a05.

Introdução:

a mastectomia em cadelas é um procedimento severamente álgido e o controle da dor é um desafio.

Objetivo:

avaliar a eficácia da analgesia preventiva com metadona ou tramadol sob dor pós-operatória, parâmetros cardiorrespiratórios e consumo anestésico em cadelas submetidas à ovariohisterectomia e mastectomia.

Métodos:

ensaio clínico prospectivo cego randomizado em 48 cadelas, de diferentes raças, idade 10 ± 3,7 anos, peso 16 ± 12 kg com tumores mamários múltiplos. Os animais foram distribuídos em dois grupos: grupo TRA, tramadol 5 mg/kg e grupo MET, metadona 0,5 mg/kg por via intramuscular, administrados 10 minutos antes da indução anestésica com propofol e manutenção com isofluorano. As variáveis mensuradas foram: frequência cardíaca (FC), respiratória (fR), pressão arterial média (PAM), dose de indução propofol (PID), saturação da oxihemoglobina (SpO2), concentração de isofluorano (EtISO) e pressão de dióxido de carbono (EtCO2) ao final da expiração. A dor pós-operatória foi avaliada durante 12 horas (Escala Melbourne). A necessidade de resgate (metadona 0.5 mg/kg, lidocaína 2 mg/kg, ou cetamina 0.01 mg/kg/min IV) analgésico e o consumo pós-operatório de analgésicos foram registrados. Testes estatísticos foram utilizados para comparar os tratamentos.

Resultados:

a necessidade de resgate analgésico, escore de dor, PID e o consumo de analgésicos foram menores (p<0,05) no grupo MET. A FC maior no grupo TRA, enquanto EtCO2 e PAM maiores no grupo MET (p<0,05).

Conclusões:

a administração preventiva de metadona foi mais eficaz, mas não totalmente adequada para o controle da dor pós-operatória do que o tramadol, promovendo redução na depressão cardiovascular e o requerimento de propofol para indução da anestesia. No entanto, a metadona aumentou a EtCO2, recomendando cuidado especial com a ventilação dos pacientes.

Keywords : anestesia; canino; cães; dor; hipercapnia; opióide.

        · abstract in English | Spanish     · text in English     · English ( pdf )