SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 issue1Factors associated with Mycobacterium avium subsp. paratuberculosis in dairy cows from Northern Antioquia, Colombia author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Revista Colombiana de Ciencias Pecuarias

Print version ISSN 0120-0690

Abstract

RUCINQUE, Daniel Santiago; POLO, Gina; BORBON, Javier  and  MANTILLA, Jaime F González. Eugenol e benzocaína como anestésicos em juvenis de tilápia vermelha (oreochromis sp.). Rev Colom Cienc Pecua [online]. 2017, vol.30, n.1, pp.60-66. ISSN 0120-0690.  http://dx.doi.org/10.17533/udea.rccp.v30n1a07.

Antecedentes:

os procedimentos de rotina tais como a biometria, transporte e procedimentos clínicos são uma fonte de estresse para os peixes. O uso de anestésicos está recomendado para diminuir os efeitos nocivos do estresse, como por exemplo, a diminuição no consumo de alimento e em casos críticos mortalidade.

Objetivo:

o presente trabalho buscou determinar a eficácia anestésica do eugenol e da benzocaína em juvenis de tilápia vermelha Oreochromis sp.

Métodos:

neste estudo foram utilizados 30 juvenis de tilápia vermelha (Oreochromis sp.) distribuídos em grupos de 10 indivíduos de acordo ao anestésico utilizado; G1: eugenol (50 mg/l), G2: eugenol (100 mg/l) e G3: benzocaína (100 mg/l). Os animais foram passados pela solução anestésica correspondente, na qual se mediram tempos para atingir os diferentes estádios de anestesia. No tempo de anestesia, os peixes foram medidos, pesados e coletadas amostras do sangue para análise de glicose e cortisol plasmático.

Resultados:

o tempo de pérrdida do eixo de nado foi maior no G3 (p<0.05). Não se encontraram diferenças significativas entre os grupos no tempo de recuperação do eixo de nado e no tempo de ausência de movimentos operculares. Os níveis de glicose foram significativamente maiores nos animais do G1 (p=0.03) respeito ao G3. No entanto, os níveis de cortisol foram maiores no G3 em relação a os outros grupos (p<0.05). Observou-se um percentual de mortalidade de 10% nos exemplares do G1.

Conclusão:

os resultados sugerem que o eugenol a 100 mg/l provoca uma indução anestésica menor a 3 minutos e uma recuperação menor a 5 minutos sem mortalidade em juvenis de tilápia vermelha.

Keywords : anestesia; cortisol; estresse; manejo; peixes; recuperação.

        · abstract in English | Spanish     · text in English     · English ( pdf )