SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 número2Presença de Enterobacteriaceae produtoras de beta-lactamase de espectro estendido (BLEE) em amostras de leite de tanque de rebanhos de bovinos leiteiros em Antioquia, ColômbiaCaracterização genética de ovinos crioulos colombianos índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Compartilhar


Revista Colombiana de Ciencias Pecuarias

versão impressa ISSN 0120-0690

Resumo

CORREA-VALENCIA, Nathalia M; RAMIREZ, Nicolás F; BULTE, Michael  e  FERNANDEZ-SILVA, Jorge A. Cultivo fecal e dois métodos de PCR em matéria fecal para o diagnóstico de Mycobacterium avium subsp. paratuberculosis em um rebanho soropositivo. Rev Colom Cienc Pecua [online]. 2017, vol.30, n.2, pp.101-115. ISSN 0120-0690.  http://dx.doi.org/10.17533/udea.rccp.v30n2a02.

Antecedentes:

a paratuberculosis é uma doença infecciosa de evolução lenta, caracterizada por uma enterocolite granulomatosa crônica. Esta doença tem um período de incubação que varia de 6 meses a 15 anos e é causada pelo Mycobacterium avium subsp. paratuberculosis (MAP). Sua detecção por técnicas de diagnóstico diretos e indiretos tem sido de especial interesse.

Objetivo:

reportar o diagnóstico e a detecção de MAP utilizando várias técnicas de diagnóstico em um rebanho na região norte de Antióquia, Colômbia.

Métodos:

foram analisadas amostras de soro do rebanho utilizando um kit comercial de ELISA (enzyme- linked immunosorbent assay). As amostras de fezes foram cultivadas em duplicado em Herrold´s egg yolk medium (HEYM) e analisadas utilizando um protocolo de PCR aninhada específico de IS900 e um kit de PCR em tempo real comercial para F57.

Resultados:

oito das 27 amostras de soro foram positivas para ELISA. Nenhuma das amostras testadas na cultura de fezes HEYM duplicado foram positivas ou na PCR em tempo real para F57. Sete das 27 amostras de fezes foram positivas na PCR aninhada específica para IS900. Foi encontrada concordância entre o resultado de ELISA e PCR aninhada específica para IS900 em um animal.

Conclusão:

este estudo fornece informações sobre a correlação entre técnicas de detecção direta e indireta do MAP, utilizando diferentes matrizes de animais sob as mesmas condições de condução.

Palavras-chave : diagnóstico molecular; doença de Johne; ELISA; MAP; meio de cultura.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )