SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.31 número4Masculinização do Jundiá (Rhamdia quelen) através da administração dietética de 17α-metiltestosterona índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Compartilhar


Revista Colombiana de Ciencias Pecuarias

versão impressa ISSN 0120-0690

Resumo

SILVA, Priscila et al. Evidências de sindrome do ducto Mülleriano persistente em um Yorkshire terrier. Rev Colom Cienc Pecua [online]. 2018, vol.31, n.4, pp.315-319. ISSN 0120-0690.  http://dx.doi.org/10.17533/udea.rccp.v31n4a08.

Anamnese:

Uma fêmea Yorkshire terrier de 1 ano de idade, com 2,2 kg de peso e uma estrutura anormal na região inguinal, similar ao orifício prepucial.

Achados clínicos e laboratoriais:

Após o exame, uma estrutura semelhante a um pênis foi encontrada saindo do orifício prepucial. Foram realizados exames físicos, laboratoriais, ecográficos e radiográficos. A suspeita inicial seria um caso de desordem do desenvolvimento sexual, pelo que a cadela foi encaminhada para laparotomia exploratória e cariotipagem.

Abordagem terapêutica:

Durante o procedimento cirúrgico macroscopicamente duas estruturas semelhantes foram encontradas: uma na região caudal do rim direito e outro na região caudal do rim esquerdo. Estes tecidos encontravam-se ligados a duas estruturas semelhantes aos cornos uterinos, caudalmente fusionados a um corpo na cavidade pélvica. Todo o tecido foi removido e enviado para exame histopatológico e revelou a presença de túbulos seminíferos típicos (testículos) e glândulas endometriais proliferativas (tubas uterinas). Subsequentemente, foi realizado procedimento cirúrgico de correção para cobrir o tecido peniano e evitar danos por exposição e contato.

Conclusão:

Este relatório aporta informações únicas sobre diagnóstico e abordagem terapêutica em um Yorkshire terrier com síndrome de persistência do ducto de Müller (PMDS). Distúrbios do desenvolvimento sexual são anomalias incomuns que representam um desafio diagnóstico e terapêutico considerando este relato uma ferramenta valiosa para os veterinários.

Palavras-chave : cão; cariotipo; doença reprodutiva; genética; intersex..

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )