SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 issue2Genetic diversity in oocyte donors used in in vitro bovine embryo production programs in Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Revista Colombiana de Ciencias Pecuarias

Print version ISSN 0120-0690
On-line version ISSN 2256-2958

Abstract

CHEGINI, Arash; SHADPARVAR, Abdol Ahad; HOSSEIN-ZADEH, Navid Ghavi  and  MOHAMMAD-NAZARI, Behrooz. Relações genéticas e ambientais entre produção de leite, persistância de produção de leite, contagem de células somáticas e intervalo de pertos em vacas Holstein. Rev Colom Cienc Pecua [online]. 2019, vol.32, n.2, pp.81-89. ISSN 0120-0690.  http://dx.doi.org/10.17533/udea.rccp.v32n2a01.

Antecedentes:

As características de fertilidade e saúde, além das características de produção, têmum papel importante narentabilidade das vacas leiteiras. Por isso, parece necessário incluir as características já mencionadas nos sistemas de melhoramento genético. Assim, são necessários parâmetros genéticos para estabelecer planos de melhoramento genético.

Objetivo:

Estimar herdabilidade, bem como as relações genéticas e ambientais entre a produção total de leite (TMY), persistância da produção de leite (PMY), contagem médiade células somáticas (SCC), contagem média de células somáticas loge (LnSCC), desviopadrao da contagem média de células somáticas (stdSCC) e intervalo de pertosem (CI) vacas Holstein por duas análises de características e traços multiplos.

Métodos:

O conjunto de dados consistiuem registros de 25.883 vacas Holstein de primeira lactação coletadas de 2002 a 2007 em 97 rebanhos leiteiros em Iran. Foram calculados quatrocritérios de persistência da produção de leite utilizando a função gama de Wood. O software Wombat1.0 foi usado para estimar os componentes de (co)variância que empregam o algoritmo de máxima verossimilhança com informações restritas.

Resultados:

A maior herdabilidade (0,29) foi estimada para produção de leite. As estimativas de herdabilidade para diferentes critérios de persisténcia da produção de leite variaram 0,05 a 0,10. A correlação genética desfavorável entre o intervalo TMY eo intervalo de parto foi de 0,71 enquanto que a de PMY com CI foi de 0,46. As correlações ambientais estimadas foram inferiores às correlações genéticas para todos os traços, mas as tendencias foram geralmente semelhantes.

Conclusão:

Os resultados indicaram que a inclusão de PMY na meta de reprodução poderia aumentar TMY e CI, no entanto, diminuir a contagem de células somáticas.

Keywords : correlação; fertilidade; função gama do Wood; herdabilidade; objetivo de criação.

        · abstract in English | Spanish     · text in English     · English ( pdf )