SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 issue2Genetic and environmental relationships among milk yield, persistency of milk yield, somatic cell count and calving interval in Holstein cowsGenetic parameters for milk yield and lactation persistency in the three first parities of Iranian Holstein cows author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Revista Colombiana de Ciencias Pecuarias

Print version ISSN 0120-0690
On-line version ISSN 2256-2958

Abstract

ORTIZ VEGA, Wilder Hernando et al. Diversidade genética em doadoras de oócitos utilizadas em programas de produção de embriões bovinos in vitro no Brasil. Rev Colom Cienc Pecua [online]. 2019, vol.32, n.2, pp.90-99. ISSN 0120-0690.  http://dx.doi.org/10.17533/udea.rccp.v32n2a02.

Antecedentes:

O atual manejo reprodutivo das populações de elite em bovinos envolve o uso de tecnologias de reprodução assistida (ARTs), visando obter o maior ganho genético. No entanto, o uso inadequado de ARTs pode levar à perda de diversidade genética na prole.

Objetivo:

Avaliar a diversidade genética em populações de vacas de elite utilizadas na produção comercial de embriões bovinos in vitro.

Métodos:

Utilizando abordagens da genética e ecologia de populações baseadas em marcadores microssatélites, foi avaliada a diversidade genética entre e dentro das populações de vacas participantes de programas comercias de produção in vitro de embriões.

Resultados:

A endogamia dentro das populações variou de zero a 9,1%, enquanto a heterozigosidade entre populações (FST) foi <0,05 nas diferentes interações populacionais. AMOVA mostrou variação de 1% entre populações, 8% entre indivíduos e 91% dentro de indivíduos. O método de redução de dimensionalidade utilizado indicou uma falta de estrutura nas populações analisadas, identificando dois clusters principais nas três populações.

Conclusões:

Baixa diversidade genética entre populações de vacas associadas a programas de produção in vitro de embriões foi evidenciada. Níveis de endogamia variáveis dentro das populações foram observados. Abordagens da genética populacional assim como de diversidade ecológica podem ser implementadas na tentativa de estimar de maneira mais abrangente a diversidade genética em populações animais de interesse pecuário.

Keywords : endogamia; frequência alélica; heterozigosidade; marcadores microssatélite; oócito.

        · abstract in English | Spanish     · text in English     · English ( pdf )