SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 número53EL MEJORAMIENTO MENTAL: ¿NUEVO OBJETIVO DE LA PSICOFARMACOLOGÍA? UNA MIRADA DESDE LA BIOÉTICA índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • En proceso de indezaciónCitado por Google
  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO
  • En proceso de indezaciónSimilares en Google

Compartir


Escritos

versión impresa ISSN 0120-1263

Resumen

RIVERA ESTRADA, Jairo Esteban  y  SANCHEZ SALAZAR, Diana Vanessa. INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL SUBSTITUINDO A HUMANA NA PSICOTERAPIA?. Escritos - Fac. Filos. Let. Univ. Pontif. Bolivar. [online]. 2016, vol.24, n.53, pp.271-291. ISSN 0120-1263.  http://dx.doi.org/10.18566/escr.v24n53.a02.

A revolução tecnocientífica atual veio para reconfigurar o conceito de pessoa e ser humano. Os avanços tecnocientíficos nos fazem questionar sobre nossa própria humanidade e põem novamente sobre a mesa este Übermensch de que falava Nietzsche. A tecnologia fez com que se acrescente o desejo de modificar nossa condição humana, buscando a perfeição das capacidades físicas, intelectuais e também psicológicas. As diferentes ciências e áreas do conhecimento tiveram de adaptar-se a estas mudanças tecnocientíficas. A psicologia não foi uma exceção e é assim que hoje se estabelece um novo paradigma de aproximação à mente humana. Conceitos como a ciberterapia, terapia de realidade virtual para simular situações fóbicas nos pacientes, e, mais recentemente, o uso da inteligência artificial têm revolucionado esta ciência. O que se busca com esta reflexão é verificar se a utilização da inteligência artificial em uma psicoterapia contribui realmente para a melhoria do ser humano, permitindo um progresso na atenção em saúde mental ou, pelo contrário, constitui um claro risco para a humanidade, que enfrenta a possibilidade de substituição dos terapeutas humanos por máquinas inteligentes.

Palabras clave : Tecnociência; Inteligência artificial; Psicoterapia; Empatia; Psicologia condutista.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · Español ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons