SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 número53INTELIGENCIA ARTIFICIAL ¿REEMPLAZANDO AL HUMANO EN LA PSICOTERAPIA?ESTATUTO DEL EMBRIÓN HUMANO índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • En proceso de indezaciónCitado por Google
  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO
  • En proceso de indezaciónSimilares en Google

Compartir


Escritos

versión impresa ISSN 0120-1263

Resumen

MARTINEZ DOMINGUEZ, Gloria inés. A MELHORIA MENTAL: NOVO OBJETIVO DA PSCIOFARMACOLOGIA? UM OLHAR A PARTIR DA BIOÉTICA. Escritos - Fac. Filos. Let. Univ. Pontif. Bolivar. [online]. 2016, vol.24, n.53, pp.293-306. ISSN 0120-1263.  http://dx.doi.org/10.18566/escr.v24n53.a03.

O final do século XX marcou um desenvolvimento importante no progresso das neurociências e sua contribuição para entender melhor os mecanismos fisiológicos implicados na cognição, no humor e no comportamento humano. Desta maneira, muitos deles puderam não só receber uma intervenção com um objetivo terapêutico, como também uma forma mais recente: ser objeto de investigações com um caráter mais pragmático, como são aqueles estudos clínicos nos quais participam, como sujeitos de investigação, pessoas sem nenhum tipo de distúrbio físico ou mental, mas que exigem a confirmação de uma alta capacidade em funções executivas, tais como militares, pilotos, estudantes, entre outros. Por outra parte, existe uma discussão ética e científica, devido ao interesse em avaliar certos fármacos psicotrópicos por causa de seus possíveis efeitos como potencializadores cognitivos em sujeitos sadios, mas que, por sua condição social, laboral ou acadêmica poderiam beneficiarse, ao alcançar um melhor desempenho mental. A presente reflexão tem o propósito de apresentar, a partir da bioética e da psicofarmacologia, alguns aspectos da investigação em neurociências que ajudem à discussão científica encaminhada a determinar o valor social destes estudos clínicos e suas possíveis consequências no futuro

Palabras clave : Neurociências; Psicofarmacologia; Cognição; Psicotrópicos; Bioética.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · Español ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons