SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 issue2Respectable Consumption: Alcohol Advertising in the Province of Santa Fe in the Early 20th CenturyDemons in the Convent: The Case of the Clarisse Nuns of Trujillo, Peru, 17th Century author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Anuario Colombiano de Historia Social y de la Cultura

Print version ISSN 0120-2456

Abstract

DUFFAU, NICOLÁS  and  ETCHECHURY BARRERA, MARIO. Redes de espionagem e conspirações durante o início da Guerra Grande. Montevidéu, 1843. Anu. colomb. hist. soc. cult. [online]. 2019, vol.46, n.2, pp.237-259. ISSN 0120-2456.  http://dx.doi.org/10.15446/achsc.v46n2.78220.

Entre fevereiro de 1843 e outubro de 1851, período em que ocorreu o assédio militar na cidade-porto de Montevidéu, no território oriental, conviveram dois governos: um limitado a Montevidéu e sua linha defensiva, e outro, conhecido como "del Cerrito", que controlou os extramuros da cidade e a maior parte do território estatal. O artigo estuda as práticas políticas "subterrâneas" vinculadas à espionagem, à conspiração, à deserção e à circulação de informação reservada no ano de 1843. Por isso, nos centraremos no agir do que as autoridades montevideanas designavam como conspiradores, complôs, inimigos internos ou traidores, que, trabalhando na clandestinidade, buscavam desestabilizar o governo da cidade e facilitar o triunfo do inimigo.

Keywords : conspiração; espionagem; Guerra Grande; Montevidéu; Rio da Prata; Polícia; política.

        · abstract in English | Spanish     · text in Spanish     · Spanish ( pdf )