SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.42 número2Ácido cítrico aquoso como meio de reação verde para a síntese de octaidroxantenosCapacidade antioxidante de aracá-boi (Eugenia stipitata Mc Vaugh) durante a maturacao índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Compartilhar


Revista Colombiana de Química

versão impressa ISSN 0120-2804

Resumo

MORENO-GONZALEZ, Paula A; DIAZ, Gonzalo J  e  RAMIREZ-HERNANDEZ, María H. Produção e purificação de anticorpos aviários (IgYs) empregando os corpos de inclusão de uma proteína recombinante importante para o metabolismo do NAD+. Rev.Colomb.Quim. [online]. 2013, vol.42, n.2, pp.12-20. ISSN 0120-2804.

A utilização de galinhas para a produção de anticorpos policlonais, diminui a intervenção sobre o animal e permite a geração de grandes quantidades de anticorpos. As aves têm maior distância filogenética entre os seus antígenos em comparação com os mamíferos, oferecendo altos porcentagens de anticorpos específicos. A produção de anticorpos requerem quantidades consideráveis de antigénio, por conseguinte, é comum a utilização de proteínas recombinantes para esta finalidade. No entanto, a produção de proteínas em sistemas heterólogos muitas vezes leva à precipitação em agregados insolúveis de utilidade limitada (corpos de inclusão). Este trabalho apresenta uma metodologia para a produção de anticorpos policlonais, utilizando proteína recombinante a partir de corpos de inclusão. O antígeno utilizado foi a proteína Nicotinamida / Nicotinato Mononucleótido Adenililtranferasa de Giardia intestinalis gerada em Escherichia coli (His-GiNMNAT). A purificação do antigénio foi feita por solubilização e renaturalização. Os anticorpos foram purificados a partir da gema de ovo de galinhas imunizadas pelo método de diluição em água, seguido de precipitação com sulfato de amónio (60%) e afinidade tiofilica. Os anticorpos foram avaliados por imunoblot utilizando a proteína His-GiNMNAT. De uma gema de ovo foram obtidos 14,4 mg de IgYs com pureza elevada. Estes anticorpos podem reconhecer até 15 ng de His-GiNMNAT. A especificidade dos IgYs foi reforçada por outra purificação por afinidade pelo antigénio. Isto irá permitir a sua utilização para o reconhecimento da proteína do parasita.

Palavras-chave : Anticorpos; IgYs; Corpos de inclusão (CI); Giardia intestinalis; NAD+; NMNAT.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Espanhol     · Espanhol ( pdf )