SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 issue1Micromorphology and Histochemistry of the Laticifers from Vegetative Organs of Asclepiadoideae species (Apocynaceae)DIET OF DIRECT-DEVELOPING FROGS (ANURA: CRAUGASTORIDAE: Pristimantis) FROM THE ANDES OF WESTERN COLOMBIA author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Acta Biológica Colombiana

Print version ISSN 0120-548X

Abstract

SOUZA SANTOS, Régis Vinícius et al. USO DOS RECURSOS POR DUAS ESPÉCIES SIMPÁTRICAS DE Ameivula (Squamata: Teiidae) EM UM ECÓTONO DE MATA ATLÂNTICA-CAATINGA. Acta biol.Colomb. [online]. 2015, vol.20, n.1, pp.67-77. ISSN 0120-548X.  http://dx.doi.org/10.15446/abc.v20n1.41099.

As formas de utilização dos recursos espaciais e temporais por duas espécies simpátricas de Ameivula foram estudadas em um ecótono de Mata Atlântica e Caatinga, situado no Parque Nacional Serra de Itabaiana, Sergipe, Brasil. O estudo foi desenvolvido entre fevereiro de 2008 e janeiro de 2009. O método adotado foi o de busca ativa limitado por tempo, sendo utilizado o período das 06:00 às 18:00 h. As duas espécies foram verificadas ao longo de todos os meses de coleta, sendo A. ocellifera a com maior número de registros. Apesar da alta sobreposição de nicho temporal observada (Ojk = 0,90), A. ocellifera e A. abaetensis diferiram em relação aos horários de maior atividade. A. ocellifera foi avistado com maiores frequências (≥10 %) entre 08:00 e 13:00 h, enquanto que A. abaetensis, entre as 09:00 às 13:00 h. As duas espécies foram mais frequentes em dias ensolarados, com padrões similares de atividade no momento do avistamento, tendo as mesmas sido verificadas, em geral, andando sobre areia (A. ocellifera) ou folhas próximas à base de arbustos (A. abaetensis). Os comportamentos adotados pelas duas espécies de Ameivula em resposta à aproximação do observador foram diferenciados e estiveram relacionados ao grau de exposição e, consequentemente, de vulnerabilidade à predação. A coexistência de A. ocellifera e A. abaetensis na área de estudo está possivelmente relacionada a pequenas divergências no padrão de uso de recursos temporais e espaciais pelas duas espécies, sendo provavelmente essas diferenças resultantes de interações ecológicas atuais. Os dados obtidos neste estudo contribuem para o conhecimento sobre a história natural e ecologia das espécies de Ameivula e, principalmente, geram informações úteis para a conservação destas espécies em hábitats de transição Mata Atlântica-Caatinga.

Keywords : Ameivula abaetensis; Ameivula ocellifera; coexistence; ecology; lizards.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )