SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 issue1Identity, experiences and challenges of a research seedbed for public health in ColombiaActivation mechanisms of invariant natural killer T cells (iNKTs) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Iatreia

Print version ISSN 0121-0793

Abstract

ESTRADA-MESA, Diego Alejandro; MUNOZ-ECHAVARRIA, Andrea Estephany  and  CARDONA-ARIAS, Jaiberth Antonio. Representações sociais sobre o corpo em estudantes de Medicina, Medellín, 2014. Iatreia [online]. 2016, vol.29, n.1, pp.39-50. ISSN 0121-0793.  http://dx.doi.org/10.17533/udea.iatreia.v29n1a04.

Introdução: os discursos filosóficos e sócio-antropológicos sobre o corpo não foram objeto de interesse na formação médica. Objetivo: caracterizar as representações sociais do corpo em estudantes de Medicina, Medellín, 2014. Métodos: etnografia com 11 estudantes selecionados mediante amostragem teórica. As representações sociais se estudaram desde o enfoque processual. Aplicaram- se os critérios de rigor metodológico de credibilidade, audibilidade e transferibilidade. Resultado: descrevem-se três categorias analíticas: 1) concepções do corpo que incluiu as subcategorias ''domínio material'' e ''domínio simbólico''; 2) importância do corpo descrito a partir das subcategorias ''corpo como meio e objeto'' e ''corpo como definição do eu''; 3) cuidado do corpo com três subcategorias: ''importância do autocuidado'', ''o corpo dos outros'' e ''práticas de autocuidado''. Conclusão: a concepção organicista do corpo põe ao descoberto como os estudantes de Medicina compreendem ao outro a partir de princípios estritamente biológicos; epistemologicamente se mostra que os estudantes são vectores de tradições cartesianas carentes de uma consciência histórica em torno das representações do corpo; política e socialmente as ideias do grupo se alinham com racionalidades neoliberais que vindicam a mercantilização, tecnificação e individuação do corpo.

Keywords : Corpo; Estudantes de Medicina; Grupo Social; Percepção Social.

        · abstract in English | Spanish     · text in Spanish     · Spanish ( pdf )