SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 issue4Peripheral blood CD34+ cell count as a predictor of adequacy of hematopoietic stem cell collection for autologous TransplantationImmunomodulating effect of nanoparticles used in nanomedicine author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Iatreia

Print version ISSN 0121-0793

Abstract

ARRUBLA, Jorge. Redes em estado de repouso: revisão e aplicações de um conceito em evolução. Iatreia [online]. 2016, vol.29, n.4, pp.433-444. ISSN 0121-0793.  http://dx.doi.org/10.17533/udea.iatreia.v29n4a05.

O conceito de redes em estado de repouso se refere a flutuações coerentes da atividade cerebral, presentes em forma de redes que aparecem quando os sujeitos não estão ocupados em alguma atividade ou processo cognitivo superior. Estas redes têm sido identificadas em estudos de ressonância magnética funcional e refletem um alto nível de conectividade do cérebro humano. O conceito tem crescido em notoriedade até tal ponto que agora é quase rotina entre os grupos que usam ressonância magnética em suas investigações. A atividade das redes em estado de repouso tem sido estudada em envelhecimento, deterioro cognitivo leve e diversas doenças neurológicas e psiquiátricas. Adicionalmente se há demostrado sua existência em outros primatas e em ratos. Nesta revisão se oferece uma visão geral do conceito, assim como das ferramentas para a aquisição e a análise. Igualmente se discutem algumas investigações relevantes sobre o assunto e seu impacto em diversas entidades clínicas.

Keywords : Análise de Componentes Independentes; Estado de Repouso.

        · abstract in English | Spanish     · text in Spanish     · Spanish ( pdf )