SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue39A formal model for the functional test of software to achieve maturity integrated level 2Testing process for small software development organizations author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Revista Facultad de Ingeniería

Print version ISSN 0121-1129

Abstract

TEJEDA-BENITEZ, Lesly; HENAO-ARGUMEDO, Daniela; ALVEAR-ALAYON, Mario  and  CASTILLO-SALDARRIAGA, Carlos Rafael. Caracterização e perfil lipídico de azeites de microalgas. Rev. Fac. ing. [online]. 2015, vol.24, n.39, pp.43-54. ISSN 0121-1129.

O uso crescente do biodiesel tem impulsado a busca de novas matérias primas, dentro das quais se destacam as microalgas. Nesta pesquisa se estudou o cultivo das microalgas Chlorella sp. e Dunaliella salina sob diferentes condições de pH e concentração de nitrogênio (mgL-1), e a caracterização dos azeites obtidos, com o fim de avaliar seu potencial uso como matéria prima na produção de biodiesel. A D. salina alcançou uma máxima concentração celular de 1.15x106 células mL-1 em 6 dias de cultivo em umas condições de 8.5 pH e 0.1 mg L-1 concentração de nitrogênio, enquanto que Chlorella sp. apresentou uma máxima concentração celular de 2.6x107 células mL-1 em 14 dias de cultivo em umas condições de 7.5 pH e 0.1 mg L-1 concentração de nitrogênio. A extração de azeite intracelular das microalgas cultivadas sob as melhores condições de crescimento celular se realizou empregando o método modificado de Bligh & Dyer. Ao determinar o perfil de ácidos graxos dos azeites extraídos de ambas as microalgas, encontraram-se em maior proporção dois ácidos graxos insaturados: ácido linolênico e ácido oleico. No azeite de D. salina se encontrou uma concentração de 51% p/p de ácido linolênico, enquanto que para o azeite de Chlorella sp. foi de 39% p/p. Com relação ao ácido oleico, o azeite de Chrorella sp. apresentou uma concentração de 35% p/p, superior ao azeite de D. salina, com 25% p/p.

Keywords : Ácidos graxos; Biodiesel; Lípidos; Microalgas.

        · abstract in English | Spanish     · text in Spanish     · Spanish ( pdf )