SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 issue47Application of business intelligence For analyzing vulnerabilities to increase the security level in an academic CSIRT author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Revista Facultad de Ingeniería

Print version ISSN 0121-1129

Abstract

HEARD-WADE, Christopher Lionel  and  VERA-ROMERO, Iván. Avaliação de irreversibilidades em um sistema de refrigeração por absorção amoníaco-água empregando três modelos matemáticos diferentes para calcular as propriedades termodinâmicas. Rev. Fac. ing. [online]. 2018, vol.27, n.47, pp.9-19. ISSN 0121-1129.  http://dx.doi.org/10.19053/01211129.v27.n47.2018.7746.

As análises por Segunda Lei, ou de Exergia, nos Sistemas de Refrigeração por Absorção (SRA) são muito importantes, já que permitem realizar análises de optimização de acordo com o trabalho disponível, os quais se estabelecem a partir das condições de operação e do cálculo de suas propriedades. Para a modelagem destes sistemas existem diversas metodologias de cálculo para as propriedades termodinâmicas. Neste trabalho realizase um estudo termodinâmico sobre um SRA com a mistura amoníaco-água proposta (Caso Base), com a finalidade de avaliar a sensibilidade nas irreversibilidades globais e por equipamento. Para tal propósito, empregaram-se três metodologias existentes: (M1) o modelo de Ibrahim e Klein (1993), através do software comercial Engineering Equation Solver (EES); (M2) o modelo proposto por Tillner-Roth e Friend (1998), através do software REFPROP v.8.0, desenvolvido pelo National Institute of Standars and Technology (NIST), e (M3) a metodologia proposta por Xu e Goswami (1999), programada para esta análise. As diferenças entre as propriedades obtidas e o funcionamento do SRA por Primeira Lei não são significativas na avaliação do COP, obtendo variações mínimas (Caso Base: 0.595, M1: 0.596, M2: 0.594, M3: 0.599). Para a análise por Segunda Lei, a irreversibilidade total do sistema para os três modelos resultou ser a mesma (Irr Global: 123.339 kW), apesar de que na irreversibilidade por equipamento sobressaem as diferenças entre o Intercambiador da Solução (M1: 5.783kW, M2: 6.122kW, M3: 8.701kW), o Dessorbedor (M1: 51.302kW, M2: 45.713kW, M3: 49.098kW) e o Retificador (M1: 0.766kW, M2: 3.565kW, M3: 0.427kW). Os equipamentos que mais destroem exergia são o Dessorbedor, o Absorvedor e o Condensador, respectivamente.

Keywords : coeficiente de desempenho; irreversibilidade; propriedades amoníaco-água; sistema de refrigeração por absorção.

        · abstract in English | Spanish     · text in English     · English ( pdf )