SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número57Entre causos e canções: Cornélio Pires e a cultura caipira (São Paulo, 1920-1950)O rock americano com um toque europeu: a institucionalização dorock and roll na França, Alemanha Ocidental, Grécia e Itália (século XX) índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Compartilhar


Historia Crítica

versão impressa ISSN 0121-1617

Resumo

SPENER, David. Um canto em movimento: " Não nos moverão" nos Estados Unidos, na Espanha e no Chile nos séculos XIX e XX . hist.crit. [online]. 2015, n.57, pp.55-74. ISSN 0121-1617.  http://dx.doi.org/10.7440/histcrit57.2015.04.

Neste trabalho, apresentam-se os resultados de um estudo que examina a história da canção " Não nos moverão" e seu canto em diversos contexto culturais e sociopolíticos ao longo de dois séculos. Essa canção tem origem nas práticas religiosas dos escravos africanos nos Estados Unidos do século XIX. No século XX, foi adotada como hino pelos movimentos sindicais e de direitos civis americanos. Posteriormente, chegou à Espanha, onde desempenhou um papel na resistência ao regime franquista, antes de ser cantada no Chile para defender o projeto socialista de Salvador Allende. Empregam-se vários conceitos teóricos na análise, entre eles a transculturação, o cosmopolitismo e o capital transcultural.

Palavras-chave : movimento social; análise transcultural; música vocal; movimento de protesto; globalização.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Espanhol     · Espanhol ( pdf )