SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue1Evaluating microalgae Chlorella sorokiniana growth in different culture mediums in autotrophic and mixotrophic conditionsEffectsof prostaglandin F2α administration onreproductive performance of yamú Brycon amazonicus author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


ORINOQUIA

On-line version ISSN 0121-3709

Abstract

RUEDA-URIBE, Wilson E.; VASQUEZ-TORRES, Wálter  and  GUTIERREZ-ESPINOSA, Mariana C.. Digestibilidadedo fósforo e da proteína de rações suplementadas com fitasa em tilápia, Oreochromissp.. Orinoquia [online]. 2012, vol.16, n.1, pp.21-29. ISSN 0121-3709.

Opresente estudo foi realizado com o objetivo de avaliar o efeito dasuplementação da fitasa na digestibilidade do fósforo y da proteína dosingredientes glúten de milho (GM), farinha de trigo duro (HTD) e soja integralcrua (SI) em dietas para tilápia vermelha, Oreochromis sp. Para calcularos coeficientes foi utilizado o método indireto com marcador de óxido de cromo(III), coletando as fezes pelo sistema Guelp modificado. Foram selecionadosjuvenis de tilápia vermelha com 100 gramas de peso médio. As dietas estavamconstituídas de 65.5% da dieta referência (DR), 0.5% de marcador inerte (óxidode cromo III), 30% do ingrediente a avaliar e, em cada uma delas, fitasa emníveis de 0.0, 500 e 1000 unidades de fitasa (UDF)/kg de ração. Os Coeficientesde Digestibilidade Aparente (CDA) da proteína obtidos foram: sem incluso defitasa, 94.7, 85.5 e 90.3%, com 500 UDF 95.1, 84.1 e 89.3% e com 1000 UDF,97.6, 90.8 e 92.9 para GM, HTD e SI respectivamente. Quanto ao CDA do fósforo,os resultados para GM variaram entre 30.7 e 69.8%, para HTD entre 46.6 e 51.1%e para SI, entre 44.0 e 54.7%. Os CDA da proteína e do fósforo da SI e da HTDnão foram afetados pelo nível de adição da fitasa (p>0.05); porém, os CDA daproteína e do fósforo mostraram tendência a ter maior valor quando foramadicionadas 1000 UDF. Os CDA da proteína do glúten de milho mostraramdiferenças significativas entre a dieta sem fitasa e aquela que tinha 1000 UDF(p<0.05); para o fósforo, as diferenças nos CDA foram obsevadas entre os níveis de500 e 1000 UDF.

Keywords : nutrição; coeficientes de digestibilidade aparente; acido fítico; peixe.

        · abstract in English | Spanish     · text in Spanish     · Spanish ( pdf )