SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.29 issue1Determining the reliability of the family effectiveness instrumentBetween control and autonomy: sexual health policies of youngsters and women In Colombia, 1964-1991 author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Avances en Enfermería

Print version ISSN 0121-4500

Abstract

CASTIBLANCO LOPEZ, Nubia  and  MUNOZ DE RODRIGUEZ, Lucy. Visão das mães no cuidado do filho prematuro em casa. av.enferm. [online]. 2011, vol.29, n.1, pp.120-129. ISSN 0121-4500.

Objetivo: descrever o significado do cuidado do recém nascido prematuro em casa para as mães desde seu contexto cultural. Desenho: estudo de tipo qualitativo etnográfico baseado na teoria de Madeleine Leininger. Amostra: a informação obtida da observação e 23 entrevistas às mães em casa, a informação foi reunida e analisada segundo a entrevista e análises etnográficos de James Spradley. Participantes: oito mães de recém nascidos prematuros que compareceram para controle no Programa Mãe Canguru Integral, Hospital Universitário São Ignácio, entre novembro de 2007 e maio de 2008. Resultados: surgem duas questões: cuidados diretos ao recém nascido prematuro e o caminho até a adaptação. O cuidado direto ao recém nascido prematuro em casa implica para a mãe carregar, massagear, proteger do frio, alimentar à criança, manter a higiene, conservar a proteção do médio, dar amor, suprir oxigeno suplementar ao bebê quando o precisar e saber sobre os sinais da criança. O caminho para a adaptação materna está dirigido a um objetivo para as mães: "criar a criança". Elas expressam que as noites são muito difíceis e expressam seus sentimentos e finalmente descrevem a adaptação materna ao hábito. Conclusão: a visão das mães sobre o cuidado do recém nascido prematuro é universal: "cuidar muito da criança" e ficar sempre atenta; por outro lado, a conotação de cuidado é diversa porque cada mãe o cataloga, desde sua própria percepção, como cuidado extremo, básico, essencial e especial. Também as mães compartilharam crenças, valores, tradições e mitos.

Keywords : recém-nascido; prematuro; período pós-par-to; cultura; relações mãe-filho.

        · abstract in English | Spanish     · text in Spanish     · Spanish ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License