SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 issue2Adherence to Treatment of People with Arterial HypertensionCervical and Breast Cancer: Concept of Managers of Unique Health System author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Avances en Enfermería

Print version ISSN 0121-4500

Abstract

BEJARANO BELTRAN, Martha Patricia. Percepção dos profissionais de enfermagem y as gestantes sobre a assessoria em HIV em uma ESE de Primeiro Nível em Bogotá, Distrito Capital. av.enferm. [online]. 2012, vol.30, n.2, pp.76-86. ISSN 0121-4500.

Objetivo: descrever a percepção que os profissionais de enfermagem e as gestantes têm em relação com a assessoria na detecção de vírus de imunodeficiência humana (HIV), com base nas diretrizes descritas no Guia Técnico do projeto INTEGRA: Modelo de Gestão Integral de Serviços de Saúde Sexual e Reprodutiva e Prevenção da Infeção por HIV para nortear ações que possibilitem o fortalecimento desta atividade em uma empresa social do Estado (ESE) de Bogotá. Metodologia: desenho qualitativo, descritivo, com abordagem hermenêutica; a análise dos dados se fez mediante a técnica de análise de conteúdo (autor) de dezasseis entrevistas semiestruturadas, realizadas durante quatro meses. Participaram oito profissionais de enfermagem que fazem assessoria em HIV e oito gestantes que recebem assessoria sobre HIV. Resultados: a questão central que surgiu da análise das entrevistas foi "os paradoxos da assessoria em HIV/Aids", sendo que a partir dos testimoniais dos participantes encontrouse uma série de ambivalências a respeito das opiniões, experiências, crenças e sentimentos. A questão se evidenciou nas seguintes categorias, retomadas do discurso das pessoas entrevistadas: os sentimentos, entre a ansiedade e a tranquilidade. As categorias emergentes do discurso dos profissionais de enfermagem se focou em: entre a frustração e a tranquilidade. Conclusões: para as gestantes e os profissionais da enfermagem, a assessoria em HIV/Aids foi percebida como um paradoxo, com sentimentos ambivalentes entre a alegria e a tristeza, o temor e a ansiedade, a frustração e a tranquilidade, o que deve ser feito e a realidade encontrada. Estas são percepções que irão permitir um melhor trabalho na prevenção da infeção do HIV por parte dos profissionais a fim de conseguir mudanças de comportamento saudáveis nas gestantes e aprimorar a assessoria como estratégia útil para a contenção da epidemia neste grupo populacional.

Keywords : infeções por HIV; percepção; enfermagem; Saúde Sexual e Reprodutiva.

        · abstract in English | Spanish     · text in Spanish     · Spanish ( pdf )