SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 issue69Mandelbrot, Fama and the emergence of econophysicsIncome distribution in the Colombian economy from an econophysics perspective author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Cuadernos de Economía

Print version ISSN 0121-4772

Abstract

VELEZ-PAREJA, Ignacio. Benefícios fiscais, despesas com juros e amortização de perdas. Cuad. Econ. [online]. 2016, vol.35, n.69, pp.663-689. ISSN 0121-4772.  http://dx.doi.org/10.15446/cuad.econ.v35n69.54352.

Este artigo define o procedimento adequado para calcular a poupança em impostos (AI). Inclui o caso em que são permitidas perdas amortizadas e há outras rendas financeiras. O procedimento compara o lucro antes dos juros e impostos ajustado (UAIIAj) -isto é UAII+OI-OE excl. Financeiros- em comparação com as despesas financeiras (GF). Isto define três intervalos e resultados para AI. Se UAIIAj < 0, AI será 0; se UAIIAj > 0 e menor que GF, AI é T x UAIIAj; por último, se UAIIAj > GF, AI é T x GF. Quando existem outras rendas financeiras, os AI não são a diferença nos impostos e é necessário um ajuste. Calcular adequadamente os AI é relevante devido a que o seu valor poderia ser uma parte importante do valor da empresa.

Keywords : Custo médio ponderado de capital (CPPC); avaliação de empresas; escudos fiscais; poupança em impostos; amortização de perdas.

        · abstract in English | Spanish | French     · text in English     · English ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License