SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 número1PREVALENCIA DA REAÇÃO AO STRESS AGUDO E DO TRANSTORNO POR STRESS POSTRAUMÁTICO NOS SOLDADOS FERIDOS NO COMBATE HOSPITALIZADO NO HOSPITAL MILITAR CENTRAL DE BOGOTÁROLO DO FONOAUDIÓLOGO NA ÁREA DE SAÚDE MENTAL: UMA EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL NO HOSPITAL MILITAR CENTRAL índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Compartilhar


Revista Med

versão impressa ISSN 0121-5256

Resumo

SERRANO C., ADRIANA M.; ORTIZ J., DANILO A.  e  BOHORQUEZ P., ADRIANA P.. FREQÜÊNCIA DE CO-MORBILIDADES PSIQUIÁTRICAS DO EIXO I NO DOENTES COM TRANSTORNO DE STRESS POSTRAUMÁTICO. rev.fac.med [online]. 2009, vol.17, n.1, pp.20-25. ISSN 0121-5256.

Por meio de um estudo observacional descritivo do corte transversal feito nos doentes com diagnóstico do Transtorno por Estresse Pós-traumático (TEPT) com o antecedente de exposição a combates, com grau militar profissional, sub oficial u oficial das forças armadas, hospitalizado pelo serviço do psiquiatria do Hospital Militar Central de Bogotá entre janeiro e junho de 2008, descreve-se a apresentação clínica das co-morbilidades psiquiátricas associada ao TEPT. Detectou-se acarofobia no 45,5% dos sujeitos, fobia social no 18,2%, fobias específicas (de acordo com o tipo) entre 36,4% e 45,5%, uma prevalência de 63,3% para transtornos depressivos e 10% para o distimia, concluindo que os transtornos afetivos , seguidos da ansiedade, eram as co-morbilidades mais freqüentes, sem que se encontrassem dados positivos para o consumo de substâncias. Embora trate-se de um estudo piloto, com uma amostra pequena de somente onze pacientes, é uma primeira aproximação à investigação das co-morbilidades em uma população do interesse especial para a saúde militar e a defesa nacional, que ao futuro e com número de maior de doentes, permitirá estabelecer e fortalecer protocolos para sua manipulação.

Palavras-chave : distúrbios de guerra; transtorno depressivo; transtornos de estresse pós-traumáticos; transtorno distímico.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Espanhol     · Espanhol ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons