SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 número1ROLO DO FONOAUDIÓLOGO NA ÁREA DE SAÚDE MENTAL: UMA EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL NO HOSPITAL MILITAR CENTRALMUDANÇA NA CAPACIDADE FUNCIONAL, QUALIDADE DE VIDA E ATIVIDADE DA DOENÇA, NUM GRUPO DE PACIENTES COLOMBIANOS COM ARTRITES REUMATOIDE REFRATÁRIA AO TRATAMENTO CONVENCIONAL, QUE RECEBERAM TERAPIA COM INFLIXIMAB COMO MEDICAMENTO DE RESGATE índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Compartilhar


Revista Med

versão impressa ISSN 0121-5256

Resumo

D'OTTAVIO, ALBERTO ENRIQUE; MATTARA, MARIO; PONSO, RAÚL R.  e  MEDINA, MABEL A.. CARACTERÍSTICAS E IMPACTO DO FLUXO AÉREO NAS BRONQUIECTASIAS: UMA APROXIMAÇÃO INFORMÁTICA EM RATAS. rev.fac.med [online]. 2009, vol.17, n.1, pp.34-39. ISSN 0121-5256.

As bronquiectasias, resultado final de diferentes doenças, não constituem uma doença em si. Ampliando um estudo prévio sobre bronquiectasias congênitas em ratas de laboratório e dadas sua predominante localização nas pós-bifurcações da árvore brônquica, aplicamos programas numéricos simuladores do comportamento de fluxos aéreos sobre bronquiectasias murinas, pois dita localização poderia influir sobre seus comportamentos cinemáticos e dinâmicos e sobre as características da parede brônquica, e impactar, assim mesmo, na produção e no desenvolvimento de bronquiectasias. Obtiveram-se moldes de acrílico da árvore brônquica depois da injecção de uma substância plástica em quinze ratas macho Wistar de seis meses de idade. Sob lupa estereoscópica (6 a 40 x), mediante compassos de dupla ponta e calibres, mediu-se a longitude e o diâmetro das dilatações respectivamente. Para os elementos menores, usaram-se grillas oculares. Os dados das mostras, depois de obtidos os respectivos modelos tridimensionais, incorporaram-se ao programa Comsol ®, baseado no Método de Elementos Finitos. A interação entre os redemoinhos detectados e as conseguintes pressões zonais e zonas mortas com ar estancado referidas, conformariam um círculo vicioso, que facilitaria a formação e o desenvolvimento de bronquiectasias, podendo agravar as eventuais sobre-infecções que se derem.

Palavras-chave : bronquiectasias; fluxo aéreo.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Espanhol     · Espanhol ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons