SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 issue2Psychometric Properties of the Reduced Version of the Positive Adolescent Development Value Scale (EVDPA-R) in Chilean StudentsCognitions of Past events: A Review of the Literature author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Revista Colombiana de Psicología

Print version ISSN 0121-5469

Abstract

OSORIO, HERNÁN DARÍO LOTERO; GONZALEZ, ISABEL CRISTINA VILLA  and  TRUJILLO, LUZ ESTELLA TORRES. Afetividade e Apoio Social Percebido em Mulheres Gestantes: uma Análise Comparativa. Rev. colomb. psicol. [online]. 2018, vol.27, n.2, pp.85-101. ISSN 0121-5469.  http://dx.doi.org/10.15446/rcp.v27n2.65584.

O propósito desta pesquisa é comparar as manifestações afetivas em suas dimensões positivas e negativas, a modo de traço e de estado, com variáveis ginecobstétricas e de funcionamento familiar em mulheres gestantes. Foram selecionadas convenientemente 229 mulheres que deram entrada em uma instituição prestadora de serviços de saúde em Medellín. Foram utilizados os questionários PANAS (Robles & Páez, 2003), APGAR-familiar (Smilkstein, 1978) e um inquérito de variáveis sociodemográficas. Descobriu-se que as gestantes com maior traço afetivo positivo apresentam menor risco obstétrico, enquanto as mulheres com maior traço afetivo negativo demonstram menor planejamento da gravidez e maior percepção de disfunção familiar. Conclui-se que a percepção de apoio familiar e os traços emocionais positivos são componentes que favorecem a saúde gestacional, enquanto o afeto negativo é um obstáculo para a adaptação à maternidade e para as relações familiares percebidas.

Keywords : apoio familiar; emoção; gravidez; risco obstétrico; saúde gestacional.

        · abstract in English | Spanish     · text in Spanish     · Spanish ( pdf )