SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue1TOWARDS A HEALTH SYSTEM THAT GUARANTEES THE PROTECTION OF THE RIGHT: A SOCIAL JUSTICE REQUIREMENTVANISHING LINES AND RESISTANCE SCENARIOS: CONFIGURATION OF ALTERNATIVE BETS FOR THE DEVELOPMENT OF THE COLOMBIAN CENTRAL-WESTERN REGION author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Hacia la Promoción de la Salud

Print version ISSN 0121-7577

Abstract

MARIN MEJIA, Fabiana. EFETOS DA DANÇA TERAPEUTICA NO CONTROLE DO ESTRESSE LABORAL EM ADULTOS ENTRE 25 E 50 ANOS. Hacia promoc. Salud [online]. 2011, vol.16, n.1, pp.156-174. ISSN 0121-7577.

Objetivo: avaliar comparativamente o efeito da dança terapêutica no controle do estresse produtivo e a diminuição de seus níveis em adultos laboral mente ativo. Materiais e métodos: estudo de corte experimental de tipo longitudinal que considerou uma amostra não probabilística intencional de 30 pessoas classificadas em três grupos de pesquisa: 10 pessoas do grupo que praticaram atividade física regular diferente a baile ou dança terapêutica e dez executivos sedentários. Aplicou-se o questionário de Ivanicevich e Matteson para diagnosticar o nível de estresse laboral e o teste de signos de estresse de Cordeiro, para determinar os signos e sintomas do estresse. Resultados: Se demonstra uma alta influencia (99,99%) da dança terapêutica sobre os signos de estresse, isto quer dizer que este método de trabalho afeita positivamente os níveis de estresse evidenciados pelo corpo. Também se verificou seu nível de significância sobre roles conflituoso: 99,72%; sobrecarga quantitativa do rol: 99,71%; e influencia do líder e respaldo do grupo: 99,79%. Conclusões: Os resultados da pesquisa confirmam que o estresse pode diminuir com pratica regular de dança terapêutica o exercício físico; em geral, no grupo experimental se diminuíram os graus de estresse significativamente. O grupo controle exercício amostrou uma tendência marcada a permanecer constantemente com leves incrementos em certas categorias relacionadas com o estresse laboral. No grupo controle sedentários se descobriu uma notável inclinação seguiu para o aumento dos neveis de estresse na maioria das categorias.

Keywords : Atividade física; dança terapêutica; estresse.

        · abstract in English | Spanish     · text in Spanish     · Spanish ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License