SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 issue2ADIPOSE TISSUE IN 7 TO 18 YEAR OLD SCHOOLCHILDRENNEUROLOGIC SEMIOLOGY DEEP LEARNING BY MEANS OF A COMPUTING TOOL author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Hacia la Promoción de la Salud

Print version ISSN 0121-7577

Abstract

LOPEZ SOTO, Olga Patricia  and  CEREZO CORREA, María del Pilar. AVALIAÇÃO DE UM TESTE QUE MIDE A SUSCETIBILIDADE DO ESMALTE A CARIES DENTAL. Hacia promoc. Salud [online]. 2011, vol.16, n.2, pp.97-108. ISSN 0121-7577.

Objetivo: co-relacionar os resultados do teste colorimétrico com a historia de caries dos pacientes adultos jovens, para determinar a possibilidade de usar- a como indicador da suscetibilidade do esmalte adulto à dissolução em ácidos próprios da placa dental ou de fatores erosivos externos. Metodologia: estudo analítico co-relacional, determinação do tamanho da amostra com nível de confiança de 95%, poder de 80%, ração 1:1, ração de risco 1:5. Amostra: 87 pessoas no grupo com historia de caries e 83 no de saudáveis, seleção aleatória de instituições de educação para adultos da cidade de Manizales. Critérios de inclusão: ter entre 18 e 20 anos e dentes anteriores superiores. Firmou se o consentimento informado. Aplicação de técnica colorimétrica nos dois grupos utilizou se discos de 2,8 mm de papel absorvente impregnados em uma solução de cristal violeta; um acido gravador (ácido clorídrico a um pH de 1,9) e uma escada colorimétrica de pH. Aplicaram se o teste de Kappa, sensibilidade e especificidade. Resultados: resistentes segundo o teste: 55% e não resistente: 45%. Segundo o teste de Kappa, a concordância entre o teste e a suscetibilidade do esmalte é baixa (IC: 0,59 - 1,47 Kappa 0,1). A sensibilidade (36%) e o valor preditivo positivo (40%) foram baixos. A especificidade (45%) e o valor preditivo negativo (40%) também foram baixos. Conclusões: não há concordância entre a suscetibilidade à dissolução ácida do esmalte segundo ao teste utilizado nesta pesquisa e a experiência passada de caries em adultos jovens.

Keywords : Esmalte dental; suscetibilidade a caries dentarias; dissolução; grupos vulneráveis.

        · abstract in English | Spanish     · text in Spanish     · Spanish ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License