SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.23 número1EN BÚSQUEDA DE LA ATENCIÓN: NECESIDADES EN SALUD, ITINERARIOS Y EXPERIENCIASEVOLUCIÓN HISTÓRICO-POLÍTICA DE LA SALUD INDÍGENA EN CALDAS: APROXIMACIÓN A LA DETERMINACIÓN SOCIAL EN SALUD índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • En proceso de indezaciónCitado por Google
  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO
  • En proceso de indezaciónSimilares en Google

Compartir


Hacia la Promoción de la Salud

versión impresa ISSN 0121-7577

Resumen

NINO-BAUTISTA, Lucila et al. MOTIVAÇÃO E LOGROS EM PROCESSOS DE EDUCAÇÃO PARA A SEXUALIDADE COM DOCENTES. Hacia promoc. Salud [online]. 2018, vol.23, n.1, pp.106-122. ISSN 0121-7577.  http://dx.doi.org/10.17151/hpsal.2018.23.1.8.

Objetivo:

Avaliar a motivação como elemento essencial no processo de capacitação sobre educação para a sexualidade de um grupo de professores de ensino fundamental e médio e apreciar os câmbios alcançados pelo coletivo.

Materiais e métodos:

Estudo com desenho misto seqüencial explicativo-quantitativo - qualitativo com 81 professores de duas instituições públicas de Oiba e Simacota em Santander- Colômbia, quem participaram de maneira voluntaria na pesquisa durante 2016. A etapa quantitativa, desenho de corte transversal e enfoque empírico analítico não experimental, avaliaram a motivação do coletivo antes de iniciar a capacitação. Utilizou se instrumento construído e validado previamente pela equipe pesquisador; analisou se mediante o modelo de Rasch e se estabeleceram relações significativas entre variáveis sóciodemográficas e tipos de motivação. Na etapa qualitativa se utilizou o enfoque fenomenológico e a técnica do dialogo para conseguir o essencial da experiência do coletivo e logros alcançados.

Resultados:

Mais da metade do grupo mostrou motivação interna alta; a motivação externa se distribuiu em baixa, media e alta e houve um grupo desmotivado no nível baixo. A confiabilidade das pessoas nos três grupos foi muito baixa, o qual pode sugerir que a amostra não foi à melhor para medir o constructo, porém o instrumento (itens) mostrou boas propriedades para avaliar-lo. A etapa qualitativa corroborou motivação interna alta no grupo, ampliou a compreensão dos resultados quantitativos e identificou câmbios importantes no coletivo.

Conclusões:

As testemunhas que aportaram muitos dos assistentes evidenciaram câmbios em relação com a educação para a sexualidade, o qual era o objetivo a lograr.

Palabras clave : Motivação; enquete; analise quantitativa; análise qualitativa; professores; educação sexual.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · Español ( pdf )