SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 issue22Preservation and Elaboration of Anatomic Pieces with Substances Other than Formol at La Salle University's Department of Agricultural SciencesEquine Dentistry: Overview and Importance in Veterinary Medicine author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Revista de Medicina Veterinaria

Print version ISSN 0122-9354

Abstract

SANCHEZ KLINGE, Marta Elena; CALVO ROBAYO, Pilar  and  MUTIS BARRETO, Claudia Aixa. Dirofilaria immitis: uma zoonose presente a nível mundial. Rev. Med. Vet. [online]. 2011, n.22, pp.57-68. ISSN 0122-9354.

A Dirofilaria immitis, ou verme do coração do cachorro, é uma doença de distribuição mundial transmitida por mosquitos dos gêneros Aedes, Anopheles, Culex e Taeniorhynchus; em humanos, esta filaria causa lesões cutâneas e pulmonares, entretanto já foram relatados casos de dirofilariose humana com localizações diferentes tais como grandes vasos mesentéricos, peritoneais, cordão espermático e também no lado direito do coração. No humano, ao contrário do cachorro, não há uma filaremia. Os sintomas mais comuns são: dor retroesternal, tosse e hemoptise. Um nódulo fibrótico (de um a três centímetros de diâmetro) muitas vezes é assintomático e se identifica somente nas radiografias de tórax como uma lesão em forma de moeda. Nos Estados Unidos existem uns cinquenta casos relatados em humanos, entretanto também foram relatados casos no Japão, na Ásia, na Austrália, no Brasil e na Argentina. Na Universidade de La Salle realizou-se uma pesquisa para determinar a frequência de apresentação da Dirofilaria immitis em cachorros de Bogotá D. C (2600 m de altitude) mediante o teste enzimático de Elisa Petchek®, o qual é específico e não apresenta reação cruzada com outros parasitas, oferecendo um diagnóstico rápido e certeiro da doença. Foi encontrada uma frequência de 1%, de cachorros positivos para Dirofilaria immitis; considerando que nesta cidade há uma população aproximada de 800.000 cachorros, o possível número de animais positivos ao parasita estaria na ordem de 8.000 cachorros, que potencialmente poderiam transmitir a doença ao humano através da picada dos mosquitos. O número de cachorros expostos à doença do verme do coração no mundo é cada vez maior, e devido a que a dirofilaria rara vez se reconhece em humanos, sua prevenção depende em grande parte da redução da prevalência da doença nos cachorros, já que inclusive em detectaram anticorpos específicos contra os antígenos do complexo de vermes adultos de Dirofilaria immitis em indivíduos de uma comunidade indígena tikuna isolada na Amazônia colombiana.

Keywords : Dirofilaria immitis; zoonose.

        · abstract in English | Spanish     · text in Spanish     · Spanish ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License