SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 issue28Canine Degenerative Valve Disease: A Case ReportPathophysiology of Equine Neonatal Septicemia author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Revista de Medicina Veterinaria

Print version ISSN 0122-9354

Abstract

CORTES, Manuel E.; GONZALEZ, Fernando  and  VIGIL, Pilar. Cristalização do muco cervical bovino no estro: uma atualização. Rev. Med. Vet. [online]. 2014, n.28, pp.103-116. ISSN 0122-9354.

O muco cervical bovino varia a sua composição bioquímica e suas propriedades biofísicas durante o ciclo estral devido às variações nos níveis de esteróides sexuais, sendo produzido em maior quantidade durante o estro como consequência do aumento no nível de estrogênios. Neste estado também se observa que o muco aumenta a sua capacidade de cristalizar. O objetivo deste artigo é proporcionar uma visão atualizada dos principais aspectos relativos à cristalização do muco cervical bovino. Em primeiro lugar faz-se referência à composição do muco e das importantes funções exercidas por esta secreção na fisiologia reprodutiva bovina e de outras espécies. Mais adiante o artigo trata sobre o fenômeno de cristalização observado no muco cervical em estro, descrevendo-se os principais modelos utilizados para classificar os padrões cristalinos observáveis no mesmo (alguns semelhantes a samambaias, folhas de palmeira ou figuras estreladas, entre outros). Finalmente, se discute a importância do fenômeno da cristalização do muco cervical para a compreensão da reprodução bovina tanto em estados fisiológicos quanto em fisiopatológicos.

Keywords : fisiologia bovina; cristalização; estro; muco cervical; padrão cristalino.

        · abstract in English | Spanish     · text in English     · English ( pdf )