SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número38La potestad reglamentaria del ejecutivo de las leyes tributarias vista desde la jurisprudencia de la Corte ConstitucionalUna aproximación al método cartesiano. Su relación con la contabilidad índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • En proceso de indezaciónCitado por Google
  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO
  • En proceso de indezaciónSimilares en Google

Compartir


Cuadernos de Contabilidad

versión impresa ISSN 0123-1472

Resumen

BARROS COSTA, Abimael de Jesus  y  BARBOSA LUSTOSA, Paulo Roberto. Rankings dos programas de pós-graduação em contabilidade: análise de produção docente segundo publicação em revistas brasileiras (2000-2009). Cuad. Contab. [online]. 2014, vol.15, n.38, pp.549-573. ISSN 0123-1472.  http://dx.doi.org/10.11144/Javeriana.cc15-38.rppc.

O objetivo da pesquisa foi descrever a produção docente dos programas de pós-graduação em contabilidade (Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, PPGCC), em uma janela de tempo de 10 anos (2000-2009). A partir da análise de 27 revistas, criou-se base de dados com a metodologia de Joshua G. Coyne, Scott L. Summers, Brady Williams e David A. Wood (2009). Para isso, elaboraram-se rankings para ajudar a responder a pergunta de pesquisa. Posteriormente, realizou-se análise descritivo dos artigos. O ranking geral do PPGCC evidenciou que o programa da USP (Universidade de São Paulo) é o mais destacado. Por sua parte, O programa da FURB (Fundação Universidade Regional de Blumenau) resultou sobressaliente no que diz respeito à metodologia empírica de estudo de caso, enquanto que o programa da UFPE (Universidade Federal de Pernambuco) apresenta produção académica relevante no âmbito de fiscalidade. Os programas caracterizam-se por pesquisa empírica a partir de bases de dados e é concentrada na área de contabilidade financeira. Em geral, os PPGCC que se destacam são os da USP, FURB, FUCAPE (Fundação Instituto Capixaba de Pesquisas em Contabilidade, Economia e Finanças), UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) e USP-RP (Universidade de São Paulo-Ribeirão Preto). Entre outros resultados, constatou-se que tais programas são caracterizados pelo elevado número de professores a tempo completo e pela predominância de pesquisa empírica positivista em finanças, que constitui 80% das publicações. A maioria dos artigos publicados são de autoria em casais ou quartetos. Por último, de 2000 para 2009, o seu desempenho foi em aumento.

Palabras clave : Brasil; ensino; pesquisa em contabilidade; programas de pós-graduação; stricto sensu.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · Español ( pdf )