SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 issue1METHODOLOGY FOR ANALYZING CLINICAL CASES IN BIOETHICS COMMITTEES: APPROACHES AND PROPOSED SUPPORTEXPERIENCES IN CLINICAL ETHICS: A PROJECT FOR MEETINGS ON CLINICAL ETHICS IN PALLIATIVE MEDICINE author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Persona y Bioética

Print version ISSN 2027-5382
On-line version ISSN 0123-3122

Abstract

REQUENA MEANA, Pablo; COMORETTO, Nunziata  and  PETRINI, Carlo. ÉTICA CLÍNICA: STATUS QUAESTIONIS. pers.bioét. [online]. 2016, vol.20, n.1, pp.26-37. ISSN 2027-5382.  http://dx.doi.org/10.5294/PEBI.2016.20.1.3.

A ética clínica se refere a um campo emergente na medicina clínica que se concentra no processo de tomada de decisões éticas num contexto clínico. Tem se desenvolvido como resultado de uma crescente consciência de que a medicina moderna -caracterizada pelo progresso tecnológico, pela diversidade cultural e pelos problemas sociais- está propondo uma série de novos "dilemas éticos" que a ciência médica por si só não pode resolver. Por essa razão, a ética clínica costuma estar relacionada com a "consulta ética", que consiste nos serviços prestados por um especialista em ética, por uma equipe ética ou por um comitê de ética para abordar as questões éticas implicadas num caso clínico específico. Embora a ética clínica tenha se desenvolvido a princípio essencialmente como uma análise metodológica para chegar a uma justificativa das decisões éticas clínicas, rapidamente se tornou evidente que a dificuldade na tomada de decisões clínicas é só um aspecto dos problemas éticos mais amplos relacionados com a relação médico-paciente em sua totalidade e, bem provável, com o valor fundamental da profissão médica. O método de princípios geralmente se apresenta como o enfoque metodológico mais difundido para a análise de casos clínicos. Contudo, uma forte crítica desse modelo vem se manifestando e fazendo referência a outros enfoques alternativos, como o modelo da casuística. Recentemente, têm sido produzidas relevantes contribuições da medicina narrativa e da ética da virtude. De acordo com essas metodologias, uma antropologia saudável e uma boa relação com o paciente são elementos-chave exigidos de qualquer pessoa que trabalhe na prática médica que pretenda agir de forma apropriada segundo uma perspectiva ética.

Keywords : ética clínica; ética; clínica; bioética; relação médico-paciente.

        · abstract in English | Spanish     · text in English     · English ( pdf )