SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.20 issue2ECOLOGICAL ECONOMICS. ECONOMIC PARADIGMSNEXT GENERATION SEQUENCING AND ITS EUGENICS CONTEXT IN THE HUMAN EMBRYO author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Persona y Bioética

Print version ISSN 0123-3122

Abstract

RODRIGUEZ-YUNTA, Eduardo. DETERMINANTES SOCIAIS DA SAÚDE MENTAL. PAPEL DA RELIGIOSIDADE. pers.bioét. [online]. 2016, vol.20, n.2, pp.192-204. ISSN 0123-3122.  http://dx.doi.org/10.5294/PEBI.2016.20.2.6.

O presente ensaio constitui uma revisão sobre os determinantes sociais da saúde mental quanto ao papel da religiosidade das pessoas a partir da revisão bibliográfica e da experiência pessoal. O objetivo do ensaio é apresentar o postulado de que a religiosidade das pessoas pode influir na saúde mental mediante três fatores: sentido de valor moral, apoio da comunidade de fé e exercício da espiritualidade. Revisaram-se os bancos de dados de Medline e SciELO desde o ano 1990, em inglês e espanhol, usando as palavras-chave: "espiritualidade", "crenças", "religião" e "determinantes sociais da saúde mental"; além disso, levaram-se em conta as referências que tinham relação com o tema. Como conclusão se considera que na bioética é importante incluir como fator na saúde mental o tema da religiosidade a partir do diálogo deliberativo, levando em consideração a posição em que se encontra o paciente como interlocutor. Também é importante considerar o apoio de uma comunidade de fé que tenha incorporadas as virtudes de solidariedade e de aceitação do outro.

Keywords : Espiritualidade; crenças; religião; determinantes sociais da saúde mental.

        · abstract in English | Spanish     · text in Spanish     · Spanish ( pdf )