SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.19 issue1Risk factors of pressure ulcers in hospitalized patients of a Portuguese hospitalAnalysis of the postures adopted by operating roomtechnicians during surgery author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Revista de Salud Pública

Print version ISSN 0124-0064

Abstract

DE OLIVEIRA SAES, Mirelle  and  FLORES SOARES, Maria Cristina. Fatores associados à dor na coluna vertebral em adolescentes de escolas públicas de um município do extremo sul do Brasil. Rev. salud pública [online]. 2017, vol.19, n.1, pp.105-111. ISSN 0124-0064.  http://dx.doi.org/10.15446/rsap.v19n1.48143.

Objetivo

Investigar a prevalência de dor na coluna vertebral e fatores associados em escolares do ensino público do extremo sul do Brasil.

Métodos

Estudo transversal, realizado entre maio e julho de 2014, com amostra aleatória de 619 adolescentes entre 10 e 17 anos de idade. A prevalência de dor na coluna foi pesquisada utilizando o Questionário Nórdico de Sintomas Osteomusculares e as variáveis independentes (demográficas, biológicas, forma de transporte do material escolar e de dor durante e após a caminhada) obtidas via questionário padronizado. Utilizou-se modelo de regressão de Poisson para estimar as razões de prevalência bruta e ajustada da associação da dor na coluna com os fatores investigados.

Resultados

A prevalência do desfecho foi de 45,2 %. Destes, 64,6 % referiram dor em uma região, 27,1 % em duas e 8,3 % em três regiões da coluna. Quando avaliadas separadamente, verificou-se a maior prevalência na região dorsal (26,2 %). Os fatores significantemente associados ao desfecho foram: sexo feminino (RP=1,43; IC95 %=1,19-1,74; p<0,01), idade entre 14 e 17 anos (RP=1,22; IC95 %=1,03-1,45; p=0,02) e cor da pele preta/parda (RP=1,20; IC95 %=1,01-1,43; p=0,04).

Conclusão

os resultados ressaltam a necessidade de uma maior atenção aos adolescentes que referem dor na coluna, visando prevenir a presença deste distúrbio de forma crônica ainda na adolescência e posteriormente na vida adulta. Para tanto, é necessário que ocorra a educação dos adolescentes e de seus responsáveis para o estímulo a adoção de práticas saudáveis para manutenção da integridade musculoesquelética.

Keywords : Adolescente; saúde escolar; dor nas costas (fonte: DeCS, BIREME).

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )