SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 issue25EVALUATION OF PAIN MANAGEMENT IN POST SURGICAL ADULT PATIENTS IN A THIRD LEVEL HOSPITAL IN PEREIRA, COLOMBIADETECTION OF GENES OF PYROGENIC TOXINS AND EXFOLIATING TOXINS IN CLINICAL ISOLATION FOR STAPHYLOCOCCUS AUREAUS IN COLOMBIA author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Share


Investigaciones Andina

Print version ISSN 0124-8146

Abstract

CARDONA ARANGO, Doris; BERBESI FERNANDEZ, Dedsy Yajaira  and  SEGURA CARDONA, Ángela María. COMPORTAMENTO DAS CONSULTAS POR INFECÇÕES DE TRANSMISSÃO SEXUAL MEDELLÍN, COLÔMBIA, 2002-2006.. Investig. andina [online]. 2012, vol.14, n.25, pp.560-575. ISSN 0124-8146.

Introdução: as Infecções de Transmissão Sexual, ITS, constituem um grupo importante dentro das enfermidades infecciosas; o objetivo desta investigação foi analisar o comportamento das consultas externas por ITS em Medellín Colômbia, durante o período de 2002-2006. Métodos: realizou-se um estudo descritivo com fonte de informação secundária de 24.839 consultas médicas, consignadas nos registros de prestação de serviços de saúde. Foram selecionadas as informações de modo de transmissão predominantemente sexual e as enfermidades por vírus da imunodeficiência humana; a análise incluiu uma descrição do comportamento das consultas e cálculo da proporção de incidência média anual por cem mil habitantes, como uma estimativa da ocorrência real, e se exploraram possíveis aproximações com a prova Chi-quadrado de independência, com um nível de significação estatística de 5%. Resultados: encontrou-se um maior número de consultas por vírus de imunodeficiência adquirida (50,7%) seguido de outros ITS (29,5%), e outras sífilis (10,3%). Os homens foram afetados principalmente pelo vírus de imunodeficiência e gonor-reia, enquanto as mulheres consultaram em maior proporção por tricomoníase, clamídiasis e sífilis congênita; o grupo com maior número de atenções foi à população de 20 a 29 anos. Conclusão: os ITS continuam sendo um risco para contrair enfermidades como a AIDS, a pesar das campanhas de prevenção. As consultas por VIH nos homens foram 4,5 vezes as registradas pelas mulheres e 3,18 vezes no caso da gonorreia, enquanto as consultas femininas foram superiores por tricomoníase.

Keywords : Doenças de Transmissão Sexual; Registros Médicos; Vigilância Epidemiológica.

        · abstract in English | Spanish     · text in Spanish     · Spanish ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License