SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.17 número1A SAÚDE BUCAL COMO DIREITO HUMANO E BEM ÉTICOEUFEMISMOS BIOÉTICOS DA POBREZA: CLASSE VULNERÁVEL COLOMBIANA ENTRE AS ESTATÍSTICAS E A REALIDADE índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Compartilhar


Revista Latinoamericana de Bioética

versão impressa ISSN 1657-4702

Resumo

GOMEZ RAMIREZ, Olga Janeth; CARRILLO GONZALEZ, Gloria Mabel  e  ARIAS, Edier Mauricio. TEORIAS DA ENFERMAGEM PARA A PESQUISA E A PRÁTICA EM CUIDADOS PALIATIVOS. rev.latinoam.bioet. [online]. 2017, vol.17, n.1, pp.60-79. ISSN 1657-4702.  http://dx.doi.org/10.18359/rlbi.1764.

Neste artigo descrevem-se e analisam-se as teorias de enfermagem utilizadas para orientar a pesquisa e a prática em cuidados paliativos, por meio da pesquisa documental retrospectiva realizada com uma janela de observação de 15 anos (1990-2015), e tendo em conta critérios estabelecidos para os descritores, teorias de enfermagem e cuidados paliativos, que orientam a pesquisa e a prática em cuidados paliativos. Alguns artigos relacionados e capítulos de livros foram incluídos como documentação de apoio, e a análise e a comparação das teorias foram guiadas a partir do proposto por Fawcett. Exploraram-se quatro teorias de enfermagem nível médio que podem orientar a pesquisa e a prática em cuidados paliativos: conforto, final tranquilo da vida, autotranscendência e incerteza. A análise das referências selecionadas mostrou a predominância de estudos descritivos que tem abordado os principais aspectos de cada teoria em pacientes e em cuidadores familiares. Em menor medida, se identificaram estudos de maior alcance explicativo referente a variáveis e aspectos particulares de cuidados paliativos, sendo escassos os que reportam o impacto das intervenções geradas com base nesses referenciais teóricos sobre os pacientes ou suas famílias. Achara-se que existem teorias de enfermagem relacionadas aos cuidados paliativos que exigem maior exploração e utilização no contexto local, de maneira tal que possam orientar a pesquisa na área e o desenvolvimento de intervenções que qualifiquem a prática com evidência de impacto sobre os usuários e suas famílias.

Palavras-chave : cuidados paliativos; a teoria de enfermagem; literatura da revisão como assunto (DECS).

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Espanhol     · Espanhol ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons