SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número31Alguns argumentos que a teoria da lógica mental necessita aclarar para continuar sendo uma alternativa à teoria dos modelos mentaisUma crítica da racionalidade científica acerca da abordagem do parricídio índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Compartilhar


Civilizar Ciencias Sociales y Humanas

versão impressa ISSN 1657-8953

Resumo

GARCES GIRALDO, Luis Fernando; SILVERA SARMIENTO, Astelio; MURILLO BOCANEGRA, J. Eduardo  e  SEPULVEDA-AGUIRRE, Jovany. Proposta duma novo juramento bio-ético para os cientistas que utilizam animais nas suas investigações (Parte II). Civilizar [online]. 2016, vol.16, n.31, pp.249-262. ISSN 1657-8953.  http://dx.doi.org/10.22518/16578953.653.

Apresenta-se uma proposta de juramento para os profissionais dos ciências animais na Colômbia e no Mundo. O juramento que apresenta o artigo 9 da lei 576 de 2000 não é suficiente e não cumpre as condições bio-éticas que deve ter um profissional do século actual. Descreve-se a metodologia utilizada para o novo juramento e desenvolve-se este juramento tendo em conta a virtude aristotélica e as relações que o homem deve ter, como ser racional, com todos os seres vivos e o cuidado que deve proporcionar a estes. Descrevem-se um a um os postulados que se incluem no do juramento e os motivos porque foram considerados.

Palavras-chave : Juramento bio-ético; virtude; lei 576 de 2000; juramento; Aristóteles..

        · resumo em Espanhol | Inglês | Francês     · texto em Espanhol     · Espanhol ( pdf )