SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.14 número2Significados atribuidos por el paciente trasplantado al órgano recibido, al donante, a la vida y a la muerteActitudes implícitas de estudiantes universitarios frente al perdón en el marco del conflicto armado colombiano índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • En proceso de indezaciónCitado por Google
  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO
  • En proceso de indezaciónSimilares en Google

Compartir


Pensamiento Psicológico

versión impresa ISSN 1657-8961

Resumen

OMAR, Alicia; SALESSI, Solana  y  URTEAGA, Florencia. Liderança, confiança e flexibilidade laboral como preditores de identificação organizacional: um estudo com trabalhadores argentinos. Pensam. psicol. [online]. 2016, vol.14, n.2, pp.33-47. ISSN 1657-8961.  http://dx.doi.org/10.11144/Javerianacali.PPSI14-2.lcfl.

Escopo. Analisar o impacto da liderança transformacional, a confiança no supervisor e a flexibilidade do trabalho sobre a identificação do trabalhador com a sua organização (IO). Metodologia. Foi realizado um estudo empírico, quantitativo e transversal, enquadrado na teoria da identidade social. O trabalho foi feito com 257 funcionários argentinos, de empresas que oferecem aos seus trabalhadores a possibilidade de horários de trabalho flexíveis. As escalas de Identificação organizacional, Liderança transformacional, Confiança no supervisor e Flexibilidade laboral foram preenchidos pelos participantes. O modelo de mediação moderada postulado foi testado utilizando análise de regressão múltipla, e análise dos efeitos condicionais. Resultados. A confiança no supervisor mediou as relações entre liderança transformacional e IO, afinidade (p = 0.29, z = 4.26; p < 0.001), e imitação (p = 0.31, z = 4.45; p < 0.001). Essas relações foram moderadas pela flexibilidade laboral, sendo mais fortes sobre a IO por afinidade (p = 0.35; p <0.05, IC 95% [0.29, 0.41]). Conclusão. Os líderes transformacionais influenciam a identificação de trabalhadores através da confiança gerada, enquanto que a flexibilidade laboral amplifica tais relações. São apresentadas as implicações práticas destes resultados e são indicados os pontos fortes e fracos do trabalho executado.

Palabras clave : Identificação organizacional; confiança no supervisor; flexibilidade do trabalho; liderança transformacional; modelo explicativo.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · Español ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons