SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.16 número31Alcances e obstáculos do accountability midiático na América Latina após a Terceira Onda da DemocratizaçãoAs telenovelas como geradoras de estereótipos de gênero: o caso do México índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Compartilhar


Anagramas -Rumbos y sentidos de la comunicación-

versão impressa ISSN 1692-2522

Resumo

SORIA, Carolina. A ficção e a ciência na narrativa seriada argentina. anagramas rumbos sentidos comun. [online]. 2017, vol.16, n.31, pp.151-165. ISSN 1692-2522.  http://dx.doi.org/10.22395/angr.v16n31a6.

A série da televisão argentina Cromo (Lucía Puenzo, Nicolás Puenzo e Pablo Fendrik, TV Pública: 2015) surge no seio de uma conjuntura marcada por mudanças legislativas, tecnológicas e institucionais que possibilitam o desenvolvimento de uma renovação inédita no panorama nacional da ficção televisiva em geral e da narrativa seriada em particular. Do ponto de vista metodológico, este artigo propõe analisar a construção narrativa da série -a introdução das personagens, a apresentação dos espaços principais onde acontecem a ação, o conflito central-, a partir de sua relação com gêneros cinematográficos clássicos como o melodrama e o policial, e sua mediação no intertexto científico. Em segundo lugar, o objetivo é salientar a marca autoral de uma de suas diretoras (Lucía Puenzo) em função da poética desenvolvida previamente em seus longas-metragens - XXY (XXY, 2008) e El médico alemán (Wakolda, 2013) - e, por último, examinar o impacto da série quanto ao seu indicado “valor cinematográfico”, qualidade destacada pela proposição da intriga, a assimilação de gêneros cinematográficos e os locais naturais escolhidos. Essa abordagem, somada ao contexto em que se inscreve Cromo, permite posicioná-la nos alvores de uma mudança na produção, distribuição e exibição da narrativa seriada televisiva, cuja representação de um conflito socioambiental pode ser lida como a encarnação de um sintoma de época.

Palavras-chave : cinema; distribuição; exibição; gêneros; intertextualidade; meio ambiente; narrativa; poluição; produção; seriados argentinos de televisão.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Espanhol     · Espanhol ( pdf )