SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 número34Estimativa dos gases de efeito estufa gerados pelas plantas de tratamento de esgoto localizadas na bacia do rio BogotáDesign de plataforma web para saúde ambiental: um estudo de caso na Colômbia índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Compartilhar


Revista Ingenierías Universidad de Medellín

versão impressa ISSN 1692-3324

Resumo

ACEVEDO JARAMILLO, Ana Beatriz  e  POSADA FRANCO, Juan Esteban. Polietileno tereftalato como substituto parcial do agregado fino em mesclas de concreto. Rev. ing. univ. Medellín [online]. 2019, vol.18, n.34, pp.45-56. ISSN 1692-3324.  http://dx.doi.org/10.22395/rium.v18n34a3.

Este artigo de pesquisa apresenta resultados experimentais nos quais foi avaliada a resistência à compressão e o manejo de um concreto feito com um substituto parcial do agregado fino por polietileno tereftalato (PET) reciclado. A substituição foi realizada por volume de modo que o espaço ocupado pelas partículas de areia extraída foi ocupado pelas partículas de PET. Foram realizadas mesclas de concreto com substituição de areia de 0 % (referência), 5 %, 10 %, 15 % e 20 %. Os resultados indicam que aumentar a porcentagem de areia substituída diminui a resistência a compressão, contudo o manejo não é afetado ao conservar a curva granulométrica dos agregados. Foi determinada a porcentagem de substituição de 15 % como a mais adequada, já que o manejo é apropriado; substitui-se uma quantidade alta de areia e apresenta-se uma diminuição aceitável de resistência à compressão.

Palavras-chave : polietileno tereftalato (PET); resistência à compressão; agregado fino; maneabilidade; concreto; substituição.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Espanhol     · Espanhol ( pdf )