SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.12 suppl.1Influência dos movimentos lombo-pélvicos na percepção de dor lombar em postura sentada prolongada em motoristas, Realizados a partir de um dispositivo colocado sobre o assentoErgonomía em Floricultura na Colômbia: Resultados e lições índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Compartilhar


Revista Ciencias de la Salud

versão impressa ISSN 1692-7273

Resumo

CASTILLO, Juan Alberto  e  CUBILLOS, Ángela. Uso da frequência do pulso na estimação da carga de trabalho: Avaliação de uma atividade de mobilização de cargas. Rev. Cienc. Salud [online]. 2014, vol.12, suppl.1, pp.27-43. ISSN 1692-7273.

Introdução: a frequência do pulso é um indicador direto do estado do sistema cardiovascular além de ser um indicador indireto da energia gastada na execução de uma tarefa. O pulso de uma pessoa é o número de pulsações registradas em uma artéria periférica por unidade de tempo; o pulso se manifesta como uma onda de pressão que se move ao longo dos vasos sanguíneos, que são flexíveis. "Nos grandes ramos arteriais, sua velocidade é de 7 a 10 m/s e nas artérias pequenas de 15 a 35 m/s". Materiais e métodos: o fim deste estudo foi avaliar a frequência cardíaca, utilizando a técnica de registro da frequência do pulso, o consumo de oxigeno e a observação da atividade de trabalho para a estimação da carga de trabalho em uma tarefa de manipulação de carga para três situações: levantar/trasladar/depositar; antes, durante e depois da tarefa se registra a frequência do pulso para 24 jovens voluntários (10 mulheres e 14 homens) em condições de laboratório. Simultaneamente se realizou um registro do gesto de trabalho e das estratégias de levantamento, mobilização e depósito da carga. Resultados: observou-se um incremento entre a FP inicial e final nos dois grupos e para as duas tarefas; registra-se igualmente, uma diferença no incremento das pulsações para a carga de 17,5 o 75% dos participantes experimenta um incremento da FP por cima de 100 lt/min. Para os 25 KG, os valores registrados indicam valores superiores a 114 lt/ min e para os 17,5 KL g valores superiores a 128 l/min. Conclusão: a frequência do pulso é um método que se recomenda por sua simplicidade de uso para o pessoal operativo, supervisores e gerentes, assim como os engenheiros industriais não treinados no método isiológico; também pode ser utilizado por higienistas industriais.

Palavras-chave : frequência cardíaca; frequência do pulso; manipulação de cargas; gasto energético; análise da atividade.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Espanhol     · Espanhol ( pdf )