SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.15 número3Validación de la escala abreviada de síntomas en pacientes con neoplasias mieloproliferativas (MPN-SAF-TSS): evaluación en pacientes colombianosFactores de riesgo asociados a asfixia perinatal en el Hospital Universitario Méderi, 2010-2011 índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Articulo

Indicadores

Links relacionados

  • En proceso de indezaciónCitado por Google
  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO
  • En proceso de indezaciónSimilares en Google

Compartir


Revista Ciencias de la Salud

versión impresa ISSN 1692-7273

Resumen

MARIN-OYAGA, Víctor et al. Terapia com [ 177 Lu - Dota0 - Tyr 3 ]-Octreotate ( 177 Lu-Dotatate) em Pacientes com Tumores Avançados de Origem Neuroendócrino: Experiência Inicial e Resultados Preliminares. Rev. Cienc. Salud [online]. 2017, vol.15, n.3, pp.335-344. ISSN 1692-7273.  http://dx.doi.org/10.12804/revistas.urosario.edu.co/revsalud/a.6117.

Objetivo:

Mostrar a experiência inicial e os resultados preliminares da terapia com [177Lu - Dota0 - Tyr3] -Octreotate (177Lu-Dotatate) em pacientes tratados na nossa instituição, devido a que a experiência derivada desta prática em países latino-americanos é pouco conhecida.

Materiais e métodos:

Se realizou uma análise descritiva e retrospectiva em pacientes aos que se lhes tem realizado terapia com 177Lu-Dotatate com ao menos uma dose e ao menos um ano de seguimento. Incluíram-se 8 pacientes, idade média de 57 anos (50-63). Administraram-se: 24 doses em total, 3 doses em média por paciente, 187 GBq totais administrados e 23.5 GBq doses/paciente. Valorou-se a resposta ao tratamento e a presença de efeitos adversos.

Resultados:

O tempo médio de seguimento foi de 45 meses (26-72 meses). 5/8 tinham diagnóstico de TNE de origem pancreática, 2/8 de origem gástrica e 1/8 de jejuno. 7/8 pacientes tinham compromisso metastático e 1/8 paciente apesar de não ter afetação metastática foi considerado irressecável. 6/8 pacientes apresentaram sintomas pós-terapia leves e 1/8 eventos adversos sérios. 2/8 pacientes tiveram resposta parcial, 4/4 doença estável e 2/8 resposta completa. No entanto, no final do seguimento um paciente que teve resposta completa apresentou recaída e outro resposta parcial com posterior progressão e morte. Conclusões: no nosso meio a terapia com 177Lu-Dotatate tem sido segura e eficaz em pacientes com TNE como alternativa terapêutica com adequados níveis de resposta e controle da doença com eventos adversos leves esperáveis e eventos sérios mínimos autolimitados.

Palabras clave : 177Lu-Dotatate; tumores neuroendócrinos; recetores de somatostatina.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · Español ( pdf )