SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número16EFEITO DO INCREMENTO NA TURBIEDADE DA ÁGUA CRUA SOBRE A EFICIÊNCIA DE PROCESSOS CONVENCIONAIS DE POTABILIZAÇÃOANÁLISE DO DESEMPENHO DE PLANTAS DE GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS NO NORTE DO VALLE DEL CAUCA, COLÔMBIA índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Compartilhar


Revista EIA

versão impressa ISSN 1794-1237
versão On-line ISSN 2463-0950

Resumo

LONDONO, James; CORREA, Mauricio Andrés  e  PALACIO, Carlos Alberto. ESTIMATIVA DAS EMISSÕES DE CONTAMINANTES ATMOSFÉRICOS PROVENIENTES DE FONTES MÓVEIS NA ÁREA URBANA DE ENVIGADO, COLÔMBIA. Rev.EIA.Esc.Ing.Antioq [online]. 2011, n.16, pp.149-162. ISSN 1794-1237.

Este trabalho de pesquisa apresenta os resultados da estimativa de contaminantes atmosféricos (CO, NOx, SO2, PM10 e COV) provenientes de fontes móveis na zona urbana do município de Envigado para o ano 2010. Utilizou-se informação de veículos matriculados no município, contagens de tráfego, distribuição e atividade veicular. As emissões foram estimadas mediante os fatores estabelecidos no método IVE que melhor se ajustaram aos padrões de mobilidade, características do parque automotor e tipo de combustíveis presentes na zona de estudo. Como resultado, foi possível estimar as emissões horárias e diárias dos contaminantes analisados, e com a ajuda de um sistema SIG, se representaram graficamente. A partir dos resultados, evidenciou-se que as maiores emissões se apresentaram sobre as vias com maior trânsito veicular (Carrera 50 ou Avenida Regional, Carrera 48 ou Avenida Las Vegas, Carrera 43A ou Avenida El Poblado e via paralela a riacho Ayurá); a maior contribuição é feita pelo monóxido de carbono (CO) com 18,4 t d-1 (71,3%), a hora do dia com maior emissão deste contaminante é as 12:00 horas com 1,4 t h-1 (7,4%) e a categoria veicular que mais contribui aos níveis ambientais com este contaminante é Autos com 8,3 t d-1 (32,7%).

Palavras-chave : fator de emissão; fontes móveis; contaminantes atmosféricos; modelo IVE.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Espanhol     · Espanhol ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons