SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número16ANÁLISE DO DESEMPENHO DE PLANTAS DE GESTÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS NO NORTE DO VALLE DEL CAUCA, COLÔMBIASWAPS DE TAXA DE INTERESSE E DE CRUZE DE MOEDAS COMO FERAMENTAS DE COBERTURA PARA AS EMPRESAS COLOMBIANAS índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Compartilhar


Revista EIA

versão impressa ISSN 1794-1237
versão On-line ISSN 2463-0950

Resumo

RONDON, Hugo Alexánder. AVALIAÇÃO DO COMPORTAMENTO DE ARGILAS SUBMETIDAS A DIFERENTES TEMPOS DE EXPOSIÇÃO A ALTAS TEMPERATURAS. Rev.EIA.Esc.Ing.Antioq [online]. 2011, n.16, pp.175-187. ISSN 1794-1237.

O artigo apresenta a mudança que experimentam duas argilas em suas propriedades índice, de expansão e resistência à compressão não confinada quando se submetem a altas temperaturas (150, 225 e 300 °C) durante três tempos de exposição (1,7 e 15 dias). Ademais estudou-se se as argilas recuperam as propriedades mencionadas, após ser submetidas a altas temperaturas e de ser novamente expostas à temperatura ambiente durante uma semana no laboratório. O objetivo geral da pesquisa é avaliar se a aplicação de temperatura pode ser utilizada como mecanismo de estabilização de argilas ou fabricação de filler mineral. Os resultados mostram que a plasticidade, o potencial de expansão e a resistência à compressão simples das argilas ensaiadas diminuem quando se eleva a temperatura das mostras entre 150 ºC e 300 ºC e se incrementa o tempo de exposição. Também se encontrou que a recuperação das propriedades das argilas é nula quando se submetem a 300 °C durante 15 dias.

Palavras-chave : temperatura; argilas expansivas; estabilização; propriedades índice.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Espanhol     · Espanhol ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons