SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número21Feminismo, identidade e Islã: encruzilhadas, estratégias e desafios no mundo transnacionalPráticas do poder saber no discurso da pericia índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Compartilhar


Tabula Rasa

versão impressa ISSN 1794-2489

Resumo

AVILA GAITAN, Iván Darío. O nomadismo filosófico de Rosi Braidotti: uma alternativa materialista à metafísica da presença. Tabula Rasa [online]. 2014, n.21, pp.167-184. ISSN 1794-2489.

O presente artigo propõe uma leitura geral da filosofia nômade elaborada por Rosi Braidotti. A tese central é a de que sua filosofia traça um materialismo profundo que constitui uma alternativa radical à metafísica da presença, entendida como um grande sistema discursivo que impera no ocidente, o qual diz a verdade sobre a realidade mesma e que, afora isso, é uma vasta ontologia política. Com o objetivo de argumentar nossa colocação central, examinaremos qual é a leitura realizada pela autora daquilo que ela chama «pós-modernidade» e «figurações». o que está por atrás de tais questões é uma maneira criativa de conceber a produção de conhecimento, em que a descrição é sempre uma intervenção-criação, um deslocamento que afunda suas raízes na ontologia pós-metafísica. Por fim, abordaremos a principal figuração feita por Braidotti, o sujeito nômade, e levantaremos algumas questões centrais desse nomadismo filosófico em termos teórico-estilísticos.

Palavras-chave : Figurações; sujeito nômade; nomadismo filosófico; metafisica da presença; materialismo; pós-modernidade.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Espanhol     · Espanhol ( pdf )