SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número27Estudos afro-mexicanos: uma revisão historiográfica e antropológicaO pensamento e o seu lugar: considerações epistemológicas em torno do ponto de vista feminista e o pensamento fronterizo índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Compartilhar


Tabula Rasa

versão impressa ISSN 1794-2489

Resumo

ANNECCHIARICO, MILENA. Africania e a questão racial nos estudos afro-cubanos. Tabula Rasa [online]. 2017, n.27, pp.249-271. ISSN 1794-2489.  http://dx.doi.org/10.25058/20112742.451.

O artigo propõe uma trajetória dos estudos afro-cubanos, abordando as principais reflexões desenvolvidas em torno da africania e da questão racional a partir de quatro momentos-chave no desenvolvimento desse campo de estudo ao longo do século XX até hoje. Segundo uma análise contextual da bibliografia disponível e dos debates intelectuais, colocam-se os desafios segundo as épocas e os enfoques epistêmico-ideológicos. Africania é destacada como conceito analítico e suas dimensões políticas no campo cultural afro-cubano assim como as reivindicações dos setores intelectuais negros e os entrecruzamentos com o atual momento das políticas da diversidade e ativismo afrodescendentes. Por fim, salienta-se que a antropologia sócio-cultural cubana apresenta desafios-chave para redirecionar e aprofundar sua aplicação no campo dos estudos afro-cubanos e enfrentar a «batalha» racial no marco do sistema socialista.

Palavras-chave : Estudos afro-cubanos; africania; questão racial; antropologia cubana.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Espanhol     · Espanhol ( pdf )